Imagem ilustrativa
Quando chegaram no porto clandestino localizado no bairro Cristo Rei, município de Guajará-Mirim/RO, os policiais militares depararam com uma embarcação no meio do rio Mamoré e um rapaz as margens com um capacete de segurança. Ele delatou que a embarcação levava uma motocicleta oriunda de furto/roubo.

A Central de Operações do 6º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira no final da tarde desta quinta-feira, 19, recebeu informações que uma motocicleta seria cruzada para o país boliviano. Uma guarnição seguiu até o final da Avenida Boucinhas de Menezes, bairro Cristo Rei visualizando uma embarcação com uma motocicleta em cima e ocupantes. No barranco encontrava-se J. A. P. S., de 18 anos, de posse de um capacete de segurança delatou que a motocicleta modelo Fan, de cor vermelha estava sendo transportada para a Bolívia, que ajudou seu colega a embarcar o veículo e este seguia no barco para negociar com bolivianos o veículo por R$ 1.500,00, afirmou ainda que seu colega é que teria praticado o ilícito para adquirir a motocicleta. Os policiais deram voz de prisão ao rapaz, que foi entregue na 1ª Delegacia de Polícia Civil, onde foi interrogado. 

A reportagem do jornal e site O Mamoré foi informada que após Exame de Corpo de Delito o rapaz foi liberado e intimado a comparecer posteriormente no Cartório da Delegacia.

Fonte: O MAMORÉ


Polo Guajará-Mirim:

Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues

(69) 3541-5375

(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem