Um homem de 50 anos foi preso na tarde do último domingo (8), em Guajará-Mirim (RO), após invadir a casa de vizinhos e ameaçá-los. Além de uma faca, o homem efetuou tiros e agrediu um deficiente. Suspeito disse que vizinho tentou incendiar sua casa.

 

Segundo informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar (PM) foi acionada na avenida dos Pioneiros, no bairro Nossa Senhora de Fátima por volta das 16h, após moradores ouvirem barulho de tiro.

 

No local, uma idosa de 60 anos disse aos agentes que o vizinho atirou na porta da frente de sua casa e que depois deu um chute na porta de trás, invadindo o local. Ele procurava pelo esposo dela, que não estava em casa.

 

A mulher disse ainda que o vizinho estava com uma faca na cintura e uma arma tipo chumbeira, e dizia que ia matar o companheiro dela.

 

Ao entrar na casa, o suspeito ainda deu um tapa nos peitos do neto da vítima, que é deficiente. Ao ouvir a chegada da polícia, o homem saiu correndo e deixou a faca cair. O suspeito jogou a arma no meio do mato, se trancou em casa e disse aos policiais que só sairia com mandado judicial.

 

Questionado sobre as atitudes, o suspeito contou que ao chegar em casa, viu o vizinho saindo do local e que a porta da frente estava pegando fogo. E viu um plástico de cor preta que seu vizinho teria colocado por baixo da porta, e em seguida saiu correndo atrás dele, mas não o alcançou.

 

O suspeito teve que ser algemado e foi conduzido para a Delegacia da Polícia Civil. A arma não foi encontrada. O suspeito negou as acusações feitas pela vítima. O caso vai ser investigado.


Fonte: G1

Polo Guajará-Mirim:

Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues

(69) 3541-5375

(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem