Francisnei foi atingido no rosto
Com o vírus da Covid-19 circulando, uma grande aglomeração em frente ao posto e conveniência localizado a Avenida XV de Novembro confluência com a Avenida Duque de Caxias, no município de Guajará-Mirim, durante a madrugada deste domingo, 11, ocorreu o desentendimento entre rapazes que resultou em disparos de arma de fogo atingindo Francisnei Soares Dantas, de 31 anos, conhecido por Francy. 
Populares filmavam a perseguição quando se ouviu os disparos 

Por volta de 04h20min, testemunhas informaram aos policiais militares que havia um grupo de amigos reunido, quando duas pessoas identificadas por “Rodrigo” e “Antônio” passaram a correr atrás da vítima, que correu e acabou caiu em uma vala, devido a uma obra existente no local. Em seguida ouviram disparos de arma de fogo, atingindo o rosto da vítima, que caída ao solo agonizava, apresentando dentes quebrados e bastante ensanguentada. Bombeiros realizaram os primeiros socorros, ao chegar no Pronto Atendimento do Hospital Regional, Francisnei não apresentava mais os sinais vitais. O corpo da vítima foi removido para o necrotério do Hospital Regional e entregue a uma funerária escolhida pelos familiares. 

A vítima ficou caída ao solo enquanto chegava os bombeiros e apresentava bastante sangue no rosto

Investigação

Imagem da vítima em uma maca

No local do fato, testemunhas informaram que não sabem o que motivou o desentendimento entre os envolvidos, o suspeito Antônio, apontado de disparar duas vezes contra a vítima, teria corrido em direção a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, mas não sendo localizado. A reportagem do jornal e site O Mamoré obteve informações que a arma usada nos disparos que tiraram a vida de Francisnei seria um revólver de calibre 22. Policiais civis estão investigando o homicídio.

Câmeras de monitoramento do posto e diversas testemunhas visualizaram o homicídio.

Fonte: O MAMORÉ


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem