Estudantes de Medicina que residem em Guajará-Mirim estão enfrentando um grande problema nesse momento de pandemia. É que eles tiveram que voltar às aulas presenciais na UAB (Universidade Autônoma de Beni, da cidade de Guayaramirin, Bolívia).
 
Os alunos dizem que estão tendo que atravessar a Fronteira por meio de embarcações com coletes compartilhados a todo momento por Bolivianos e Brasileiros. Além disso, também estariam enfrentando filas enormes para poder atravessar.

Eles relatam que do lado Boliviano as pessoas não usam máscaras, e para chegar à Universidade precisam pegar táxi. A faculdade não possui estrutura adequada para esse momento de pandemia. Um grupo de alunos fotografou as salas de aula, que seriam abafadas e sem ventilação. 
 
Alunos se queixam do grande risco de contágio em massa e de também de trazer o vírus para dentro de cada casa de estudantes. Eles explicam que a situação só está ocorrendo por que a Universidade Autônoma de Beni está exigindo a volta ás aulas de forma presencial. 
 
Eles não entenderam a medida adotada pela universidade já que na Bolívia, na cidades de Cobija, fronteira com Acre, as aulas continuam online.

Fonte: Rondoniaovivo


Creme de café para tomar com leite ou água quente, potes de 500 ml. Café cremosoCafé cremoso fitCappuccino e tradicional. Tome no conforto de sua casa. Encomendas pelos telefones: 9 8429-5200 e 98494-1558 com Tácia ou Carlinhos.  Instagram: @deliciasgourmetdatacia



Unopar Guajará-Mirim

Para continuar a correr atrás do seu sonho, a Unopar ajuda você. Nossos alunos do EAD contam com transmissões via satélite com professores mestres ou doutores, para não perder nada.

Polo Guajará-Mirim:

Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues

(69) 3541-5375

(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem