Conforme denúncia, o homem identificado como  M. L, morador na BR 425, zona rural de Nova Mamoré, deslocava-se até a escola da adolescente e a conduzia até o prédio da igreja católica, local onde ficava beijando e acariciando a adolescente.

O relacionamento foi proibido pelos responsáveis da menina, porém, novamente foi encontrado no celular da adolescente mensagens via aplicativo (whatsapp) onde o homem pedia nudes da menina e também mandava fotos íntimas.

Ainda segundo a denúncia, o responsável pela menina foi ameaçado por M. L que através de mensagens dizia que tinha amigos da pezada e tem uma arma em casa.

obs: por se tratar de menor de idade os nomes foram mantido em sigilo.

Fonte: Rota Mamoré

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem