Glaucielle da Silva Dias, uma mulher branca, passou em concurso da Polícia Federal na cota destinada a candidatos negros. Ela pediu exoneração da Polícia Federal após ser denunciada por um perfil no Twitter por fraudes durante sua entrevista no concurso. Glaucielle Dias teria se trajado de negra para passar pela banca examinadora. 

 
O marido de Glaucielle Dias, que também pediu exoneração da PF, usou a conta do instagram dela para se retratar sobre o caso. No vídeo, ele informa que ela passou por todas as etapas que o concurso impõe, inclusive pela banca examinadora do sistema de cotas.
 
 
Uma portaria de Nº 12.863, publicada no dia 24 de maio de 2020, promoveu Glaucielle da silva dias para a função de Chefe do Núcleo de Operações de Delegacia de Polícia Federal em Guajará-Mirim, em Rondônia.
 
 
Glaucielle usa a conta do instagram para motivar pessoas a estudarem para concurso público. Segundo o marido, ela não teve forças para se retratar sobre o caso.
 
Na internet, várias pessoas ficaram chocados com a mudança de Glaucielle na entrevista e na vida diária. “Tão bizarro que eu demorei para entender o que estava rolando”, diz um internauta.
 

Fonte: Painel Político

Creme de café para tomar com leite ou água quente, potes de 500 ml. Café cremosoCafé cremoso fitCappuccino e tradicional. Tome no conforto de sua casa. Encomendas pelos telefones: 9 8429-5200 e 98494-1558 com Tácia ou Carlinhos.  Instagram: @deliciasgourmetdatacia



Unopar Guajará-Mirim

Para continuar a correr atrás do seu sonho, a Unopar ajuda você. Nossos alunos do EAD contam com transmissões via satélite com professores mestres ou doutores, para não perder nada.

Polo Guajará-Mirim:

Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues

(69) 3541-5375

(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem