(Subestação em Nova Dimensão)

Durante o ano de 2015 a Associação dos Moradores do Distrito de Nova Dimensão representada pelo seu presidente da associação Antônio Araújo (Toinho) e secretario Joconias da 28 (Jacó Ferreira) iniciou o trabalho de manifestação juntamente com a população do distrito de Nova Dimensão e linhas adjacentes, contra a Ceron, no intuito de melhoria no setor de energia elétrica devido fortes quedas e oscilação, onde muitas vezes a energia indo a zero no distrito e nas linhas.

A associação foi a Nova Mamoré juntamente com a população onde foi feito uma manifestação justa e ordeira, reivindicando seus direitos, a associação fechou comércios escolas e locais públicos no distrito para chamar a atenção da necessidade da população em massa e assim ocorreu.

É importante lembrar que um dos empresários conhecido como Sirleno Chapo (Leno da 28) disponibilizou e pediu para que os funcionários de sua madeireira acompanhassem esse movimento, pois o mesmo é um empresário e necessita dessa melhoria.

(Subestação em Nova Dimensão)

Naquele mesmo dia população liderada pela associação ficou incansavelmente o dia todo aguardando os técnicos da empresa vindos da capital do estado, quando chegaram os representantes já era a noite, no escritório da Ceron no Município de Nova Mamoré.

Durante essa reunião, a população pediu a construção urgente de uma subestação no distrito de Nova Dimensão de 34.000 KVA com rebaixamento para 13.8 KVA para atender a demanda do distrito e linhas próximas.

Os técnicos alegaram que a Ceron não tinha verba para bancar tal projeto conforme tinha sido pedido, mas diante do problema acharam uma solução rápida, montando uma subestação no distrito de Araras, desligando as linhas do ribeirão da energia sentido a nova dimensão e demais linhas para aliviar carga.

(Subestação no Distrito do Araras) 

A população achou pouco, a reunião passou para o dia seguinte, já em Nova Dimensão realizou - se reunião na escola Laurinda Groff, onde a população participou em massa, os técnicos ouviram a população tanto no dia anterior quanto na reunião citada na escola.

A Ceron atendeu a demanda da população com uma caminhonete de plantão para atender a demanda do distrito, porém essa caminhonete não está mais a disposição da população, situação que é preciso ser revista. 

Também foi apresentado o projeto de uma construção de uma nova rede.

A associação sempre acompanhou de perto o desenrolar do projeto da construção da nova rede. Já em 2020, a população de várias linhas e do distrito cansados de aguardar e nada de construir a rede, tomaram uma nova manifestação no início deste ano. Entretanto, a Energisa mandou representantes para dar uma resposta rápida a população.

(Vista aérea da Subestação em Nova Dimensão)

Os técnicos da Energisa se deslocaram ao distrito de Nova Dimensão e no escritório de Sirleno Chapo (Leno da 28) com representantes da associação e disseram que iriam iniciar os trabalhos o mais breve possível.

Levando essa informação aos manifestantes na Energisa em Nova Mamoré a mesma mensagem do projeto conforme citado, logo as obras começaram a serem executadas, onde o projeto a subestação foi avaliado em na ordem de mais de 8 milhões de reais.

Com a rede de 34.000 KVA, sendo rebaixado em nova dimensão para 13.800 KVA para atender a demanda da linha 20 até a linha 35 e a população aguarda ansiosamente a inauguração da mesma para atender a todos.

Ficando claro que esse é um legado deixado pela Associação de Moradores e população Nova Dimensão. No entanto a subestação só ainda não está em funcionamento por conta de um trafo que queimou e precisou ser trocado. 

Fonte: Associação dos Moradores do Distrito de Nova Dimensão


Creme de café para tomar com leite ou água quente, potes de 500 ml. Café cremosoCafé cremoso fitCappuccino e tradicional. Tome no conforto de sua casa. Encomendas pelos telefones: 9 8429-5200 e 98494-1558 com Tácia ou Carlinhos.  Instagram: @deliciasgourmetdatacia




Unopar Guajará-Mirim

Para continuar a correr atrás do seu sonho, a Unopar ajuda você. Nossos alunos do EAD contam com transmissões via satélite com professores mestres ou doutores, para não perder nada.

Polo Guajará-Mirim:

Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues

(69) 3541-5375

(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem