Imagem ilustrativa

Em uma propriedade rural foram encontradas marcas de cordas no curral, poças de sangue e cinco cabeças de gado abatidas, pelo proprietário que denunciou na 1ª Delegacia de Polícia Civil.

O proprietário, de 38 anos, de uma fazenda situada no Ramal do Pompeu, zona rural do município de Guajará-Mirim/RO, disse que possui cerca de 192 cabeças de vacas prenhas, que há cerca de duas semanas recebeu denúncia que dois de seus vaqueiros estariam abatendo animais, sem a sua autorização, e negociando em um açougue do município. Na tarde de quinta-feira, 13, o proprietário chegou a fazenda para averiguar e encontrou sinais de gados abatidos, deparando com cinco cabeças, sangue e marcas de cordas pelo seu curral, a porteira da propriedade está com os cadeados e quem tem acesso são seus vaqueiros. Em sem aparelho celular o homem registrou tudo e soube até que uma pessoa, a mando do proprietário de um açougue, buscava em um veículo os animais e levava a carne para um comércio da cidade para ser vendida. Mesmo não tendo certeza se foram seus animais ou de propriedades vizinhas, ele ficou de fazer a contagem dos mesmos. A perícia foi acionada para constar a denúncia, a vítima pede providências que o caso requer.

 Fonte: O MAMORÉ


Creme de café para tomar com leite ou água quente, potes de 500 ml. Café cremosoCafé cremoso fitCappuccino e tradicional. Tome no conforto de sua casa. Encomendas pelos telefones: 9 8429-5200 e 98494-1558 com Tácia ou Carlinhos.  Instagram: @deliciasgourmetdatacia




Unopar Guajará-Mirim

Para continuar a correr atrás do seu sonho, a Unopar ajuda você. Nossos alunos do EAD contam com transmissões via satélite com professores mestres ou doutores, para não perder nada.

Polo Guajará-Mirim:

Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues

(69) 3541-5375

(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem