As demandas para as possíveis soluções da crise de fronteira, agravada pela Pandemia do novo Coronavírus, entre Guajará-Mirim (Rondônia/Brasil) e Guayaramerín (Bolívia) estão sendo encaminhadas pela coordenação do Núcleo Estadual para o Desenvolvimento e Integração da Faixa de Fronteira em Rondônia ( NEIFRO) após videoconferência organizada em conjunto com o  Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) com autoridades Brasileiras e Bolivianas. A reunião foi realizada na última quinta-feira (02).

No encontro foram reunidos o governador coronel Marcos Rocha; o Diretor do Departamento de América do Sul do Ministério das relações exteriores, João Marcelo Galvão; o secretário do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), Pedro Pimentel, que também atua como coordenador do Neifro; o representando do MDR e da secretária-executiva da Comissão Permanente para o Desenvolvimento e a Integração da Faixa de Fronteira(CDIF), Caio Victor; o prefeito de Guajará-Mirim, Cícero Alves; o embaixador da Bolívia no Brasil, Wilfredo Rojo; a secretária- executiva do Neifro e Gerente de Políticas Públicas da Sepog, Camila Markeline, além de diversos representantes de instituições dos dois lados.

O secretário Pedro Pimentel explicou que "devido à pandemia, o comércio estabelecido entre Guajará-Mirim e Guayarámerín, que antes movimentava a cidade, não está acontecendo, causando enormes prejuízos não só à economia local, mas também uma hiperinflação e até desabastecimento de alguns produtos alimentícios na cidade boliviana.”

Após o debate com os posicionamentos e apresentação de possibilidades, foram sinalizados os encaminhamentos envolvendo diversas frentes como a do Itamaraty e a Embaixada Boliviana. Outras questões como a repatriação dos brasileiros rondonienses que residem na Bolívia também foram debatidas e alinhadas com as autoridades bolivianas.

Ao traçar os próximos passos, Camila Markeline disse que o compromisso do  Neifro é pontuar as demandas relacionadas e encaminhá-las aos órgãos finalísticos e responsáveis. "Vamos  acionar a Câmara de Comércio Exterior do Neifro formada não só pelos órgãos do Poder Executivo, mas também por instituições externas, e,  juntos faremos  as tratativas necessárias com os atores envolvidos com o tema.”, explicou a coordenadora.

Fonte: Sepog

Creme de café para tomar com leite ou água quente, potes de 500 ml.
Café cremosoCafé cremoso fitCappuccino e tradicional.
Tome no conforto de sua casa. Encomendas pelos telefones: 9 8429-5200 e 9 8494-1558 com Tácia ou Carlinhos.  Instagram: @deliciasgourmetdatacia





Unopar Guajará-Mirim
Para continuar a correr atrás do seu sonho, a Unopar ajuda você. Nossos alunos do EAD contam com transmissões via satélite com professores mestres ou doutores, para não perder nada.
 Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem