Dois homens de origem boliviana foram presos na tarde desta quinta-feira (02), em Guajará-Mirim (RO), quando tentavam atravessar ilegalmente 5 motosserras e diversos tipos de peças, para a Bolívia. As peças foram avaliadas em mais de R$ 40 mil.
Peças encontradas com os suspeitos em Guajará-Mirim foram avaliadas em mais de R$ 40 mil.
 Segundo a Polícia Federal (PF), um dos homens era policial e teria contratado o barqueiro por 200 bolivianos para atravessar a mercadoria. Eles foram flagrados por agentes, por volta das 16h, na beira do rio, atrás do cemitério Santa Cruz.

Entre as mercadorias apreendidas estavam cinco motosserras, um pulverizador, além de peças de reposição de motosserras. O barco e o motor também foram apreendidos, e foram levados à Receita Federal. O policial apresentou notas fiscais das mercadorias de apenas R$ 37 mil. 
Homens que tentavam fazer travessia das mercadorias foram deportados para a Bolívia. 
Após prestarem depoimento na Delegacia da Polícia Federal, os homens foram deportados para a Bolívia.

Fonte: G1

Creme de café para tomar com leite ou água quente, potes de 500 ml.
Café cremosoCafé cremoso fitCappuccino e tradicional.
Tome no conforto de sua casa. Encomendas pelos telefones: 9 8429-5200 e 9 8494-1558 com Tácia ou Carlinhos.



Unopar Guajará-Mirim
Para continuar a correr atrás do seu sonho, a Unopar ajuda você. Nossos alunos do EAD contam com transmissões via satélite com professores mestres ou doutores, para não perder nada.
Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem