Ao responder o clamor diário de um guajaramirense, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, anunciou o projeto de substituição das antigas pontes de ferro por concreto no trecho Guajará-Mirim até o entroncamento da BR Engenheiro Isaac Bennesby (antiga BR-425).

O guajaramirense Otacílio Ramos Guimarães Filho, agente de Segurança Socioeducativo, em Porto Velho/RO, postava em redes sociais sempre cobrando a recuperação da ponte, até que certa vez foi orientado a postar no aplicativo Twitter, onde o Ministro teria mais visibilidade. Não diferente, assim fez o guajaramirense que pega a estrada para Guajará-Mirim nos feriados prolongados, férias e fim de ano, pois seus pais ainda residem no município.

Publicação do guajamirense: "@tarcisiogdf, por favor conheça as 2 pontes históricas e  centenárias de ferro em #Rondônia, na #BR425, a passagem tem apenas 35m, é uma vergonha, pois são de madeira, necessita de #concretagem ou #asfalto. Olhe p/ o povo #rondoniense! 🙏 região de #Guajará-Mirim e #NovaMamoré."
Resposta do Ministro do Governo Bolsonaro ao guajaramirense
Ota, como é conhecido, recebeu na noite de quinta-feira, 09, a resposta do Ministro: “Conheço bem. Oto. Sei da condição e como alaga no período das chuvas. Já temos projeto para a substituição por pontes de concreto e devemos licitar ainda em 2020”.

“Como cidadãos devemos ser atuantes no acompanhamento dos atos de um Governo, temos amplo acesso aos meios de comunicações e é possível usar as redes sociais de maneira correta para pedir providências aos órgãos competentes”, ponderou Otacílio. Ainda desabafou: “Nós, o povo da região e turista sentimos muita indignação com essa passagem de madeira da ponte, historicamente toda estrutura das pontes de ferro é segura, pois há um século estão lá intactas, somente é feito reparo na curta passagem que são de madeira. É motivo de nossa reclamação, óbvio que quando acontece enchente, o transtorno é ainda pior”.
Otacílio, não é pré-candidato, mas cobrou a construção de pontes de concretos
Na manhã seguinte, sexta-feira, 10, o ministro postou em sua rede social o Acordo de Cooperação Técnica firmado entre o Governo Federal, Ministério da Infraestrutura, DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e Tribunal de Contas da União (TCU), o que torna possível a antecipação da análise de licitações e contratos compartilhando sistema de monitoramento do próprio tribunal.

Confiante que seu clamor seja atendido, o guajaramirense informou a reportagem do jornal e site O Mamoré.

 Fonte: O MAMORÉ

Creme de café para tomar com leite ou água quente, potes de 500 ml.
Café cremosoCafé cremoso fitCappuccino e tradicional.
Tome no conforto de sua casa. Encomendas pelos telefones: 9 8429-5200 e 9 8494-1558 com Tácia ou Carlinhos.  Instagram: @deliciasgourmetdatacia




Unopar Guajará-Mirim
Para continuar a correr atrás do seu sonho, a Unopar ajuda você. Nossos alunos do EAD contam com transmissões via satélite com professores mestres ou doutores, para não perder nada.
Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem