O fato ocorreu na aldeia
O índio de 34 anos, residente na zona rural do município de Guajará-Mirim/RO, região ribeirinha, foi surpreendido por um homem que lhe desferiu três facadas. A vítima foi transportada por uma embarcação até a cidade.

Na manhã desta quarta-feira, 01, na aldeia indígena Deolinda, situada na zona rural do município, tendo acesso via fluvial, encontrava-se o índio em sua casa descansando, quando retornou para a casa de seu primo para buscar o aparelho celular que estava carregando. No trajeto, o indígena deparou com o homem de nome “Levi”, este lhe empurrou e indagou onde ele iria, este respondeu que iria até a residência de seu primo, e seguiu caminho. Após pegar o seu aparelho e sair da casa do primo, o indígena foi surpreendido por “Levi” que desferiu por trás três golpes, atingindo: cabeça, abdômen e perna lado esquerdo. Um conhecido da vítima lhe trouxe em uma embarcação tipo rabeta até o município e dando entrada no Hospital Regional Perpétuo Socorro, de Guajará-Mirim, ainda durante a manhã do fato. Policiais militares foram até a unidade de saúde e apuraram os fatos, o motivo dos golpes não foi revelado.  

A reportagem do jornal e site O Mamoré recebeu informações que uma equipe de policiais civis se deslocou até a aldeia para apurar e deter o acusado.

 Fonte: O MAMORÉ

Creme de café para tomar com leite ou água quente, potes de 500 ml.

Café cremosoCafé cremoso fitCappuccino e tradicional.
Tome no conforto de sua casa. Encomendas pelos telefones: 9 8429-5200 e 9 8494-1558 com Tácia ou Carlinhos.
  



Unopar Guajará-Mirim
Para continuar a correr atrás do seu sonho, a Unopar ajuda você. Nossos alunos do EAD contam com transmissões via satélite com professores mestres ou doutores, para não perder nada.
Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem