Um trator que havia sido furtado na cidade de Rio Crespo (RO) no dia 5 de junho foi transportado para a Bolívia e trocado por drogas, segundo informações da Polícia Civil. Três pessoas foram presas pelo crime e as investigações continuam sendo realizadas para que sejam identificados os demais integrantes da quadrilha.
Cocaína foi apreendida pela PRF no Acre
De acordo com o delegado Rodrigo Duarte, no último domingo (7), um caminhão foi visto em Epitaciolândia (AC) e Brasiléia (AC) com um trator em cima, mas os policiais não haviam identificado nenhuma irregularidade com os veículos. No entanto, como a situação era suspeita e as cidades fazem fronteira com a Bolívia, os agentes filmaram os veículos, mas não houve tempo de impedir que o trator fosse levado para o país vizinho.

Pouco tempo depois, o mesmo caminhão teria voltado da Bolívia e parado para fiscalização pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Acrelândia (AC). Durante revista, os policiais encontraram cerca de oito quilos de cocaína.

"Ao que tudo indica esse trator teria sido levado para a Bolívia, após ter sido furtado aqui no interior do nosso estado, e foi trocado, comercializado por cocaína. A partir daí a prisão em flagrante foi feita e foram iniciadas várias diligências no sentido de identificar a origem desse trator porque a polícia do Acre não sabia ainda dessa subtração. Mediante um intercâmbio de informações muito eficiente entre a polícia do Acre e a Rondônia, no decorrer da noite, a gente conseguiu identificar que o trator era esse furtado em Rio Crespo", disse o delegado.

 Ainda de acordo com a Polícia Civil, durante investigações se descobriu que o caminhão tinha um "batedor", um carro de passeio, que ia na frente passando informações. A placa desse carro foi registrada e informada à polícia de Rondônia para uma possível identificação dos suspeitos que haviam fugido.

Todas as forças policiais do estado foram acionadas para que, caso fosse avistado, o carro fosse apreendido e o condutor preso pelo flagrante de tráfico internacional de drogas e associação para o tráfico. O veículo então foi identificado pela Polícia Militar em uma balsa e duas pessoas foram presas e levada para a Casa de Detenção de Nova Mamoré.

A polícia segue investigando o crime para que sejam identificados os demais integrantes da quadrilha e para a possível recuperação do trator.

Fonte: G1



 Unopar Guajará-Mirim
Para continuar a correr atrás do seu sonho, a Unopar ajuda você. Nossos alunos do EAD contam com transmissões via satélite com professores mestres ou doutores, para não perder nada.
 
Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem