O proprietário de um salão de beleza acionou a Polícia Militar para deter um suposto paciente, de 32 anos, do Hospital Regional Perpétuo Socorro, após ser acusado de perturbação, na tarde deste sábado, 02, no bairro Próspero, município de Guajará-Mirim/RO.

O homem de 43 anos, proprietário do salão, acionou a Central de Operações da Polícia Militar para informar que um homem que fugiu do hospital com suspeita da Covid-19 estava lhe incomodando e aos seus clientes.

O comerciante disse que o homem entrou no local e passou a perturbar, foi solicitado que saísse, quando ele tentou lhe abraçar, assim como os clientes. Ainda disse que soube por populares que o homem havia fugido do hospital. Os policiais após contato com profissionais da saúde foi informado que na quarta-feira, 29, realizou exame e o teste deu negativo para Covid-19. O homem foi conduzido para a Delegacia e entregue ao comissário de plantão.
 Fonte: O MAMORÉ


  Entre em contato com Luís Paulo, coordenador no Estado de Rondônia (69) 9 9956-1515 e obtenha mais informações.


Unopar Guajará-Mirim
Para continuar a correr atrás do seu sonho, a Unopar ajuda você. Nossos alunos do EAD contam com transmissões via satélite com professores mestres ou doutores, para não perder nada.
Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem