A mãe de 42 anos buscou o prédio da Unidade de Segurança Pública – UNISP, no município de Nova Mamoré/RO, para denunciar que seu filho está sendo vítima de bullying em uma escola estadual.
Segundo relatos da mãe, o filho estuda em uma escola estadual localizada naquele município, está no ensino fundamental. As agressões verbais sofridas pelo filho, por alunos da mesma sala, são de racismo, como é chamado de “macaco”, de “gay”, de “mulherzinha”, de ”viado”, além de ter sido enforcado e arranhado por outro colega de sala. As agressões físicas e morais foram contadas pelo próprio adolescente a mãe, que buscou providências policiais que o caso requer.
Fonte: O MAMORÉ

Entre em contato com Luís Paulo, coordenador no Estado de Rondônia (69) 9 9956-1515 e obtenha mais informações.



Unopar Guajará-Mirim
O Agrônomo pode trabalhar com ciência do solo e da água economia, engenharia e extensão rural, produção animal e vegetal, empresas alimentícias, indústrias de sementes, grandes propriedades rurais, equipamentos e adubos, além de poder atuar com ensino e pesquisas.

Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem