Com as presenças do prefeito Cícero Noronha e do secretário de Saúde Douglas Dagoberto, ocorreu na noite de segunda-feira (16), a 6ª Sessão Ordinária do ano de 2020 da Câmara Municipal. Em razão da expansão do Corona-Vírus, moléstia que tem tomado conta dos assuntos em todos os âmbitos e níveis sociais, prefeito e secretário foram chamados à Casa de Leis para serem ouvidos sobre que medidas estariam sendo adotadas pela prefeitura e pela secretaria de Saúde para controle da doença.
Primeiro a ser ouvido, o secretário Douglas Dagoberto explicou de forma técnica as sanções a serem tomadas visando a contenção da pandemia. Afirmou que a secretaria hoje vistoria e controla tudo o que ocorre nas regiões vizinhas, distritos e também na Bolívia.
Quanto aos casos suspeitos, disse que a secretaria também está tomando as medidas cabíveis em parceria com o Governo do Estado. “Coletas estão sendo efetuadas nos casos suspeitos e levadas para Porto Velho, uma vez que Guajará-Mirim não possui um sistema de análise para detectar o vírus e apontar de forma exata se a pessoa está ou não infectada”.
O secretário de Saúde terminou dizendo que tanto a secretaria como a prefeitura costuram a construção de um projeto com medidas normativas e tomadas de decisões visando o combate ao espectro e a proteção dos cidadãos.
Prefeito Noronha durante sessão na Câmara
Passada as falas do secretário, foi a vez do prefeito Cícero Noronha responder a sabatina que coordenou a Câmara. Na ocasião, o chefe do Poder Executivo anunciou que o Palácio Pérola está tomando as devidas prescrições no sentido de evitar a entrada da bactéria Corona-Vírus na cidade. Reforçou dizendo que já publicou decreto mandando suspender as aulas em todas as escolas municipais e completou o discurso citando que está contando com o apoio do Exército, da Marinha e da Aeronáutica numa complexa relação de forças de combate aos nefastos efeitos da pandemia.
Ao final das falas do prefeito e do secretário de Saúde, o presidente da Câmara, advogado Sérgio Bouez (PSB), agradeceu as presenças e explicações. Quanto ao Corona-Vírus, Bouez acentuou que a primeira coisa a ser feita por aqueles que sentirem os sintomas, é não se dirigir ao hospital e nem aos postos de Saúde. Que procurem fazer uma ligação para os telefones disponíveis nestes centros médicos que a atenção será urgente e domiciliar.
Ao final, o presidente elencou uma série de medidas que estão sendo tomadas no âmbito de trabalho da Câmara Municipal com o intuito de controlar qualquer vestígio do vírus a circular ou infectar o ambiente, tais como a suspensão de eventos no plenário da Casa, colocação de cartazes de prevenção ao vírus, folga para empregados com baixa imunidade e redução de horário de trabalho a partir da próxima semana.

Fonte: Assessoria



 Entre em contato com Luís Paulo, coordenador no Estado de Rondônia (69) 9 9956-1515 e obtenha mais informações.


Unopar Guajará-Mirim
O Agrônomo pode trabalhar com ciência do solo e da água economia, engenharia e extensão rural, produção animal e vegetal, empresas alimentícias, indústrias de sementes, grandes propriedades rurais, equipamentos e adubos, além de poder atuar com ensino e pesquisas.

Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem