Um grupo de comerciantes fez uma carreata para pedir a abertura do comércio em Guajará-Mirim/RO, na tarde de sexta-feira, 27. A manifestação se concentrou próximo a rotatória na Avenida XV de Novembro, com largada às 16h, percorrendo parte das avenidas da cidade do município. Durante o percurso, os motoristas de carro e motocicletas fizeram um 'buzinaço', com direito a fogos.  
O grupo pede a suspensão de medidas de quarentena que têm a finalidade de controlar a disseminação do novo coronavírus.  A maioria dos comércios estão com atividades suspensas no município.
O ato contraria as recomendações das autoridades da área de saúde no Brasil e da Organização Mundial da Saúde (OMS), que pedem para que as pessoas fiquem em casa como prevenção ao avanço do novo coronavírus, disse o prefeito Cícero Alves Noronha, durante entrevista a uma emissora de rádio. Salientando ainda, que após a reunião realizada na tarde de sábado, 28, a fiscalização e fazer cumprir o decreto do Governo do Estado será mais severo.

Um dia após a manifestação dois casos de suspeita de coronavírus são registrados no município de Guajará-Mirim. Onde segundo a Vigilância Epidemiológica, são dois homens, um com 37 anos e o outro com 43 anos, estiveram fora do Estado de Rondônia, em local de transmissão do Covid -19 e apresentaram os sintomas. Ambos foram atendidos e estão em internação domiciliar, acompanhados por profissionais.
Fonte: O MAMORÉ
Foto: Suellen Santos


 Entre em contato com Luís Paulo, coordenador no Estado de Rondônia (69) 9 9956-1515 e obtenha mais informações.


Unopar Guajará-Mirim
Para continuar a correr atrás do seu sonho, a Unopar ajuda você. Nossos alunos do EAD contam com transmissões via satélite com professores mestres ou doutores, para não perder nada.
 Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem