Os policiais penais em revista a uma vasilha contendo alimento depararam com “parangas” que entrariam no alojamento da Unidade do Regime Semi-aberto, de Guajará-Mirim/RO. O irmão de um detento foi preso.
No início da tarde de sábado, 22, no presídio local os policiais penais realizavam fiscalização de rotina nos alimentos que adentrariam para serem consumidos por detentos, quando numa vasilha contendo arroz foi notado algo diferente, encontrado dois invólucros de maconha. Francisco da Costa da Silva, de 33 anos, estava de posse da vasilha que segundo ele seria entregue ao apenado Divino C. S., seu irmão. Alegou inocência, afirmando que não sabia da existência das “parangas”, já que trouxe a pedido de outra pessoa que não soube dizer o nome.
Policiais militares prestaram apoio na condução de Francisco até a Delegacia de Polícia Civil juntamente com a substância entorpecente. A delegada plantonista, Luanda Luiza Mota Ximenes, flagranteou o acusado por tráfico de drogas, em seguida foi encaminhado ao presídio masculino e aguarda a audiência de custódia.
Fonte: O MAMORÉ


Unopar Guajará-Mirim
O Agrônomo pode trabalhar com ciência do solo e da água economia, engenharia e extensão rural, produção animal e vegetal, empresas alimentícias, indústrias de sementes, grandes propriedades rurais, equipamentos e adubos, além de poder atuar com ensino e pesquisas.

Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem