A prisão de um homem de 29 anos ocorreu na tarde de segunda-feira, 03, quando ele retornava do país boliviano por um porto clandestino, de posse de maconha e cocaína, após trocar por uma bicicleta furtada em Guajará-Mirim/RO.
Policiais civis lotados no Serviço de Investigação, Vigilância e Captura (Sevic) tomaram conhecimento que uma pessoa estaria transportando uma bicicleta por meio de uma embarcação (peque-peque), conduzida por um homem de nacionalidade boliviana. O veículo teria sido adquirido no município por meio de furto. De campana e distante, no bairro Triângulo, os policiais avistaram um homem chegando com as mesmas características, negociou com o barqueiro e posteriormente embarcou uma bicicleta de aro 29, de cor preta com verde, até então os policiais não sabia a procedência do veículo. Uma hora após, o rapaz retornou do país boliviano pelo porto clandestino, sem a bicicleta. Os agentes avistaram o rapaz transitando pela Avenida Princesa Isabel e adentrando em um veículo modelo Corsa, de dor cinza, placa NBQ 8079, sendo realizada a abordagem policial. O rapaz foi identificado sendo Genilson P. C, vulgo “Gordinho”, residente no bairro Serraria, em suas partes íntimas foi encontrado um embrulho contendo porção de maconha e peque pedra de cocaína, além de R$ 25,00. Genilson apresentou três versões, em todas afirmou ter praticado o escambo, a troca da bicicleta pela droga. O rapaz citou em suas versões que dois irmãos teriam o contratado pela quantia de R$ 50,00 para levar a bicicleta furtada e trocar por drogas, em outra versão disse que a substância entorpecente apreendida seria para seu consumo. Os irmãos citados pelo preso tratam-se dos mesmos acusados de praticar furto de veículo no Parque Natural Serra dos Parecis. Os policiais descobriram que a bicicleta transportada para a Bolívia foi furtada na última sexta-feira, 31, durante a madrugada de uma residência situada a Avenida 1º de Maio, bairro Serraria.
A reportagem do jornal e site O Mamoré obteve informações que “Gordinho” é suspeito de praticar o furto de uma motocicleta modelo Biz, de propriedade da Polícia Federal, mas o caso ainda está sendo investigado. Francisco L. D., de 53 anos, motorista do carro foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil para prestar esclarecimento quanto ao seu envolvimento com o tráfico de drogas. "Gordinho" foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, encaminhado ao presídio masculino.
Fonte: O MAMORÉ


Unopar Guajará-Mirim
O Agrônomo pode trabalhar com ciência do solo e da água economia, engenharia e extensão rural, produção animal e vegetal, empresas alimentícias, indústrias de sementes, grandes propriedades rurais, equipamentos e adubos, além de poder atuar com ensino e pesquisas.

Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem