Por Fábio Marques
Conforme havia proposto na Coluna anterior, apresento neste artigo alguns tópicos que acredito serem de relevância para o arranque do dínamo propulsor que Guajará-Mirim precisa para resgatar sua história e seu progresso no contexto regional.
##########
Em primeiro lugar é preciso que haja um projeto que envolva todos os cidadãos que desejam uma Guajará-Mirim melhor para seus filhos, para suas famílias e que alcance seus vizinhos e demais cidadãos. É preciso que haja este chamamento de todos os segmentos da população com o objetivo de escrever uma nova história para a cidade. Independente de ideologias ou de cores políticas, é preciso construir um novo retrato para guajará-Mirim.
##########
É a partir desta conjunção de forças que todos os cidadãos irão conseguir meios para a subida na escala social e não continuar neste eterno caos de miséria e marasmo. A cidade está clamando por um grandioso projeto de desenvolvimento que a destaque como uma das principais cidades do Estado como já foi um dia e não uma reles coadjuvante a assistir o progresso das outras cidades enquanto continua sepulta no inferno da letargia.
##########
Proponho a formação de um comitê municipal que tenha como obrigação elaborar e apresentar sugestões e projetos para a cidade, que reconheça os problemas do município com as conseqüentes propostas de soluções.
##########
Estas propostas, uma vez dispostas na planilha de prefeitos e vereadores, seriam alçadas à esfera federal e até ao Banco Mundial. Devemos lembrar que o produto que mais está sobrando no mundo hoje é dinheiro. Está faltando no mercado é bons projetos. E os investidores em todo o mundo estão ávidos por bons negócios e bons projetos.
##########
Transparência nas contas públicas. Hoje em dia as políticas contábeis do setor público tem em sua maioria o hábito de esconder as contas públicas. Ou no mínimo maquiar sua leitura para que o público leigo não a compreenda. Ora! a mesma satisfação de que o público deve ao Estado, o Estado deve ao público. É pela falta de informação que somos obrigados a conviver com a corrupção, com as falcatruas e com o nepotismo sem nunca ficarmos sabendo aonde o dinheiro está sendo aplicado.
#########:
Hoje nossa população jovem está carente, sem perspectivas, sem emprego. Minha proposta é sugerir ao próximo prefeito a isenção total de impostos para empresas e indústrias de fora que desejam se instalar na cidade e até doação de terrenos para estas empresas gerarem emprego e renda no município.
##########
Esta é apenas uma pequena amostra inicial de minhas propostas. Nos próximos artigos mostrarei outros prospectos. Por enquanto, espero que esteja do agrado de todos os amigos leitores.
##########
Se quiserem, os leitores também poderão apresentar suas sugestões. Todas terão proveito.
##########
A Comissão da Câmara que averigua casos de abusos, excessos, supostos desvios e até rumores de assédio moral na prefeitura, por conta da má vontade ou desdém de um ou outro servidor que não deu a mínima para o convite para a prestação de relatos, deverá tornar-se efetiva após o carnaval. Aqueles que fizeram deboche do convite serão intimados a comparecer para as oitivas. A partir deste novo formato, pessoas poderão até ser punidas por terem abusado da coisa pública ou das finanças patronais da administração municipal.
* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Mamoré não tem responsabilidade legal pela "opinião", que é exclusiva do autor.

Unopar Guajará-Mirim
O Agrônomo pode trabalhar com ciência do solo e da água economia, engenharia e extensão rural, produção animal e vegetal, empresas alimentícias, indústrias de sementes, grandes propriedades rurais, equipamentos e adubos, além de poder atuar com ensino e pesquisas.

Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem