Por Fábio Marques
Em ano de eleição os ânimos se acirram de todas as formas possíveis tanto na Internet como nos bate-papos das esquinas e nos botecos. É normal. O problema é que na discussão política fatores como frustrações, complexos, recalques e inveja algumas vezes se transformam em ódios irracionais e agressões por parte de fulanos e sicranos. Nesta semana, por exemplo, a gravação de um áudio vazado nas redes sociais deram conta do ataque pessoal por parte de um cidadão às figuras públicas do presidente da Câmara Municipal, advogado Sérgio Bouez e do chefe de gabinete da prefeitura, Rodrigo Nogueira.
##########
Muito grotesco tudo o que se escutou naquela gravação. A total ausência de educação urbana acabou fugindo do domínio da consciência do cidadão autor da gravação que, sem condições éticas e morais para estar cobrando posturas e condutas de quem quer que seja, prefere gastar seu precioso tempo com tricas e futricas quando deveria gastá-lo para aprender o português correto, conhecimentos gerais e noções de lógica.
##########
De nada adianta querer enganar a si mesmo. Quando o ser humano renega a si mesmo, a sua válvula de escape consiste em querer derrubar os outros. Fico pensando o que faz um sujeito, por motivos fúteis, atacar de forma leviana pessoas de famílias com nome e prestígio na cidade, de bom caráter, honestas de princípios, valores e com excelente ficha cadastral na folha corrida da vida. Ocorre que em ano político estas nojeiras acabam ganhando espaço e combustão. Mais oportuno seria colocar as emoções de lado e procurar fazer uma reflexão a respeito das escolhas de cada um. Acusações imorais não acrescentam nada ao processo político. Vamos evitar falar das pessoas. Melhor fazer comparativos da vida pública de forma serena. Quem tem mais condições morais para estar a frente dos negócios públicos? Quem tem passado limpo? Quem tem melhor discurso? Quem possui as melhores propostas?
##########
Cada povo tem o governo que merece. Espera-se que em 2020 os cidadãos de Guajará-Mirim escolham os candidatos que realmente se preocupem com as mudanças precisas e urgentes. Que digam não a situação de caos que estamos vivendo, governo para poucos, prefeito irresponsável, gente sem preparo para cargos técnicos, hipocrisia.
##########
A população está cansada de ver o trabalho dos nossos ancestrais ser jogado na lixeira da história. A população está cansada de reclamar e não ser ouvida. Está cansada de ver seus filhos e amigos irem embora da cidade por falta de perspectivas. Está cansada de discursos hipócritas, promessas e mentiras dizendo que novas empresas vão se instalar na cidade até 2500. Está cansada de aumentos nas tarifas públicas como o IPTU a levarem todo o dinheiro do sustento de suas famílias. Está cansada de ver a cidade ser motivo de chacota e piadas no restante do Estado. Está cansada de sentir vergonha da própria cidade em que reside.
##########
Deverei disputar uma cadeira a vereador nesta eleição. Enquanto não ocorrer a convenção dos partidos, vou continuar a denunciar os atos obscuros que ocorrem na cidade. Estamos passando por um processo político horrível, mas esta etapa passará e para isso é preciso que na cidade existam pessoas honestas e convictas com seus ideais. Nesta odisséia estarei contando com o voto de confiança dos amigos leitores.
* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Mamoré não tem responsabilidade legal pela "opinião", que é exclusiva do autor.


Unopar Guajará-Mirim
O Agrônomo pode trabalhar com ciência do solo e da água economia, engenharia e extensão rural, produção animal e vegetal, empresas alimentícias, indústrias de sementes, grandes propriedades rurais, equipamentos e adubos, além de poder atuar com ensino e pesquisas.

Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem