Havia informações dos roubos de veículos ocorridos nos últimos dias em Porto Velho/Rô, Capital, na tentativa de inibir a ação dos bandidos, policiais lotados no município de Guajará-Mirim/RO conseguiram recuperar um veículo Uber, tomado em assalto, prender três homens e apreender uma arma de fogo.
Os policiais do NIIF e Sevic conseguiram recuperar o veículo e prender três homens
  Desde a madrugada desta terça-feira, 14, policiais do Núcleo Integrado de Inteligência de Fronteira (NIIF/Unidade Especializada de Fronteira - Unesfron) e Serviço de Investigação, Vigilância e Captura (Sevic), da Polícia Civil, passaram a reversar e realizar abordagens e barreiras policiais ao
O revólver foi apreendido 
longo da BR Engenheiro Isaac Bennesby (antiga BR-425). Durante a manhã, na rodovia sentido Nova Mamoré/Guajará-Mirim cerca de 20 km de distância visualizaram um veículo Fiat Mobi, de cor vermelha, sem placa dianteira, com as mesmas características de um dos veículos roubados. Os policiais acompanharam o veículo,com sinais luminosos e sonoros ligados, além da ordem de parada, o motorista ainda seguiu aproximadamente 5 km vindo posteriormente estacionar o carro as margens da rodovia. O trio abandonou o carro tentando fugir, pulando cercas de uma fazenda próxima, sendo alcançados e apresentavam lesões. Na abordagem foram identificados três ocupantes: o motorista Francisco de Oliveira Nunes, de 39 anos, o passageiro Anderson da Silva Gonçalves, de 24 anos; e no banco de trás Ériklis Júnior de Almeida Maia. Os policiais ao revistarem a bolsa que estava com Anderson, encontraram peças de roupas e um revólver calibre 22, contendo nove munições intactas.
Anderson preso pelo porte ilegal de arma de fogo, delatou que ele e Francisco havia praticado o assalto ao motorista de um aplicativo, após fingirem ser passageiros. Durante a corrida, eles surpreenderam o motorista e praticaram o roubo, abandonando a vítima. Francisco assumiu a direção do carro e os três seguiram até o município de Guajará-Mirim sendo abordados por policiais.

O carro foi conduzido para o pátio da Delegacia de Polícia Civil, já o trio foi preso e autuado em flagrante, sendo entregues no presídio masculino de Guajará-Mirim aguardando audiência de custódia.

Assalto
Na noite de segunda-feira, 13, o motorista do aplicativo foi acionado até um condomínio próximo ao Orgulho do Madeira, em Porto Velho, três passageiros entraram no carro, no trajeto o motorista do Uber foi rendido e obrigado a conduzir o carro até a Vila Princesa, onde foi largado no mato e mais quatro homens entraram no carro e fugiram. A vítima pediu socorro a um vigilante de uma empresa próxima. A informação do assalto foi repassada também para a Polícia de Guajará-Mirim e resultando na recuperação deste veículo.
A vítima foi informada da recuperação do seu meio de sobrevivência
Os policiais com apoio dos colegas lotados na Capital investigam o caso.
Fonte: O MAMORÉ

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem