Por meio de denúncia realizada pela por policiais federais e com o apoio do Canil de Ji-Paraná/RO, policiais militares lotados no 6º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira (6º BPM) e Batalhão de Fronteira e Divisas (BPfron) da Polícia Militar, durante amanhã de terça-feira, 28, conseguiram recuperar uma caminhonete, em Guajará-Mirim/RO, tomada em assalto, em Rio Branco/AC, e prender quatro homens envolvidos.
Os policiais do Batalhão de Fronteira e Divisas (BPfron) da Polícia Militar e do Canil de Ji-Paraná ao receberem a denúncia da localizado do veículo Amarok, placa QLY 9962, do Acre, de cor branca, a equipe de Inteligência do BFRON, constatou que veículo estacionado na Avenida Dom Xavier Rey, bairro Serraria, tratava-se da caminhonete tomada durante assalto em Rio Branco/Acre, onde a vítima foi amarrada na noite de segunda-feira, 27 e solto na manhã de terça-feira, 28, tempo suficiente para os criminosos conduzirem o veículo até o município de Guajará-Mirim/RO. As equipes ao se deslocarem até o endereço, notaram que o carro havia saído do local, sendo abordado o condutor ao lado do prédio do INCRA, na Avenida 08 de Dezembro, mesmo bairro onde estava estacionado. Dentro do carro havia quatros homens, o motorista Gutember P. S, de 19 anos, residente no Acre, confessou aos policiais que foi contratado para dirigir a caminhonete do Acre até Guajará-Mirim, e estavam naquele momento seguindo para o local onde seria embarcado o veículo em um porto clandestino.
Wellington P. U. R., de 35 anos, usava tornozeleira eletrônica no momento da abordagem, devido o monitoramente, residente no local onde o carro estava estacionado, foi realizado buscas em seu apartamento, encontrado o cartão magnético da vítima do roubo. Os policiais foram informados que Wellington e Gutember chegaram de Rio Branco e se esconderam no apartamento. O terceiro homem identificado no carro, Alexandre N. F., de 22 anos, residente no bairro Serraria, disse que estava indo levando os ocupantes do carro até um porto clandestino para que fosse realizada a travessia do carro para a Bolívia.
O quarto ocupante do carro, Vitor M. S. L., de 20 anos, residente em Rio Branco, por meio de imagem foi reconhecido como um dos autores do assalto e que havia agredido à vítima.
Dentro do carro foi apreendido 01 munição calibre 28 intacta, 01 molho de chave contendo 02 chaves de veículos e 01 chave de residência, 01 caixa de ferramentas e a quantia de R$ 714, 00. O quarteto foi preso e conduzido até a Delegacia de Polícia Civil, onde foram autuados em flagrante. A vítima foi informada da recuperação de seu bem.
Fonte: O MAMORÉ


Unopar Guajará-Mirim

O Agrônomo pode trabalhar com ciência do solo e da água economia, engenharia e extensão rural, produção animal e vegetal, empresas alimentícias, indústrias de sementes, grandes propriedades rurais, equipamentos e adubos, além de poder atuar com ensino e pesquisas.

Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem