No final da manhã desta quinta-feira (30), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem, considerado foragido do Poder Judiciário, no dia em que o mesmo completava 34 anos de idade. A existência do mandado, que foi expedido na última quarta-feira (29), foi verificada durante fiscalização realizada em Ji-Paraná (RO).
Além desse procurado da Justiça, outras 5 pessoas foram presas pela PRF, pelo mesmo motivo, em um intervalo de 24 horas. A primeira ocorrência dessa natureza aconteceu por volta das 11h de quarta (29) em Vilhena (RO) e a última delas foi registrada às 11h desta quinta, na cidade de Guajará-Mirim (RO).
Por volta 12h20min, uma equipa da PRF realizava abordagem no km 117,0, da BR Engenheiro Isaac Bennesby (antiga BR-425), na entrada do Distrito do Iata, zona rural do município de Guajará-Mirim, quando abordou o condutor do veículo L200, placa NHE 6652, Inácio M. B., de 45 anos, residente na zona rural de Porto Velho/RO, apresentou um Boletim de Ocorrência de perda de seus documentos, mas após consulta ao sistema de Banco de Dados foi possível localizar um mandado de prisão em desfavor do mesmo, preso e conduzido a Delegacia de Polícia Civil de Guajará-Mirim, posteriormente entregue no presídio local.
Os seis foragidos, dos quais somente uma era mulher, respondiam pelos mais diversos crimes, como, por exemplo, homicídio, roubo e disparo de arma de fogo. Todos receberam voz de prisão e foram encaminhados à Delegacia de Polícia Judiciária.
Fonte: O MAMORÉ com informações PRF/RO 
Unopar Guajará-Mirim
O Agrônomo pode trabalhar com ciência do solo e da água economia, engenharia e extensão rural, produção animal e vegetal, empresas alimentícias, indústrias de sementes, grandes propriedades rurais, equipamentos e adubos, além de poder atuar com ensino e pesquisas.

Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem