Jackson residia em Guajará-Mirim, foi estudante do Centro Despertar e passa férias na casa da irmã
Faleceu na tarde deste domingo, 19, na UTI do Hospital Regional de Vilhena, o condutor da motocicleta envolvido no acidente que resultou na morte da funcionária da CDL em Vilhena, Laysa Pereira Tavares Cerutti, 29 anos. Ela era filha do ex vice-prefeito da cidade, Darci Cerutti.

O óbito de Jackson Ribas de Lima, 19 anos, foi confirmado pela direção do HR. O jovem, que morava em Guajará-Mirim, estava passando as férias na casa de uma irmã, em Vilhena.
A motocicleta usada por Jackson que passa residia em Guajará-Mirim e passava férias com a irmã em Vilhena
 Ainda não foi registrado o acidente do qual o rapaz escapou em estado grave. Segundo apuramos, ele sofreu traumatismo crânio-encefálico, e sua situação era tão delicada que ele sequer pode ser transferido para outra cidade.

Fonte: Folha do Sul Online


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem