O veículo foi tomado durante assalto na zona rural do Distrito de União Bandeirantes, município de Porto Velho/RO, a família e o proprietário foram feitos de reféns para que os assaltantes conseguissem chegar até o município de Guajará-Mirim/RO, mas policiais do 6º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira conseguiram recuperar a caminhonete e prender um rapaz.
A vítima ficou amarrada e presa com sua família enquanto o carro foi conduzido para Guajará-Mirim e seria atravessado para o país boliviano
O proprietário de 35 anos saiu com sua esposa e filho para jantar na noite de sexta-feira, 10, retornando com a caminhonete modelo Hillux, de cor prata, em União Bandeirantes. Ao chegar em sua propriedade na Estrada Linhão, km 22, a esposa desceu, como de costume, para abrir o portão momento que foi surpreendida por três assaltantes encapuzados, rendendo o proprietário da caminhonete, esposa e filho. A família sob a mira de uma arma de fogo, provavelmente calibre 12 e uma outra de cano curto, foram amarrados e trancados no banheiro da casa. A vítima percebeu que um deles saiu com o veículo, após duas horas dentro da casa, os assaltantes levaram também a quantia em dinheiro de R$ 1.300,00 e ouviu os criminosos comentando que iriam para um bar consumir bebida alcoólica com o dinheiro. Aproveitando o silêncio na casa, acreditando que os assaltantes fugiram, a vítima conseguiu se soltar e pedir ajuda aos vizinhos.
A Polícia Militar de Guajará-Mirim recebeu informações sobre o assalto, o Núcleo de Inteligência (N.I.) ainda na sexta-feira conseguiu localizar o carro em um hotel situado no bairro Serraria, os policiais passaram o final da noite e madrugada de sábado, 11, de campana aguardando alguém buscar a caminhonete. Por volta de 07h30min receberam a informação que um rapaz teria se aproximado do carro e percebeu que a chave de ignição não se encontrava no carro, conforme havia deixado, já que os policiais retiraram a chave. Apressado o homem pegou um mototáxi e saiu rumo a Avenida XV de Novembro em direção ao Porto Oficial quando foi alcançado pelos policiais do N.I. com apoio de uma guarnição na Praça Governador Jorge Teixeira, abordando o suspeito.
O proprietário do carro foi informado da recuperação de seu bem por policiais militares
Diemerson dos Reis Neiva, de 26 anos, confessou aos policiais que estavam em um bar no final da tarde de sexta-feira, em União Bandeirantes, quando ingeria bebida alcoólica com colegas e jogando sinuca, a ela lhe chegou três homens e foi ofertada a proposta de conduzir um veículo para o município de Guajará-Mirim, já que o mesmo é habilitado, e retornaria de ônibus. O homem foi em casa tomou banho e retornou ao bar para aguardar o carro, sendo conduzido em uma motocicleta Bros por volta de 19h até a residência da vítima, ao tomar conhecimento do roubo afirmou que tentou desistir, mas foi obrigado a prestar o serviço caso contrário morreria, saindo por volta de 22h do local com dois assaltantes. Em Guajará-Mirim, o acusado disse que deixou os dois assaltantes próximo ao Terminal Rodoviário e estacionou no Hotel o carro. Por volta de meia noite e meia saiu do hotel e foi até a Praça Jorge Teixeira lanchar, já que a dupla não retornou, por volta de 07h deixou o local e seguiu para o hotel sozinho. Ratificou também que recebeu R$ 200,00 para custear os gastos com a diária no hotel.
Diemerson foi preso, conduzido a Delegacia de Polícia Civil onde foi autuado em flagrante pela prática do crime de receptação, encaminhado ao presídio masculino de Guajará-Mirim, ele aguarda a audiência de custódia.
Fonte: O MAMORÉ

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem