Um homem de 58 anos ao tomar conhecimento que seu nome estava sendo denegrido e sem o seu consentimento, buscou a Delegacia para denunciar.
De acordo com a vítima, que buscou no início da noite desta terça-feira, 28, a Delegacia de Polícia Civil e registrou um Boletim de Ocorrência, denunciando que foi informado por familiares, amigos e demais pessoas, que haviam criado um Facebook em seu nome, e no status publicaram um vídeo pornô, por se sentir lesado e o constrangimento, exige providências.
Fonte: O MAMORÉ


Unopar Guajará-Mirim

O Agrônomo pode trabalhar com ciência do solo e da água economia, engenharia e extensão rural, produção animal e vegetal, empresas alimentícias, indústrias de sementes, grandes propriedades rurais, equipamentos e adubos, além de poder atuar com ensino e pesquisas.

Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem