Por Fábio Marques
Apaixonado pela Cidade Pérola, adoro Guajará-Mirim. Mas me deprime nos dias de hoje ver uma cidade de povo tão pacato ser passada para trás de maneira tão fácil pelos falastrões. Nós somos um povo muito passivo. Levamos porrada todos os dias através de ruas esburacadas, asfalto apenas na avenida principal, calçadas dignas de cenário para um filme de Tarzan, tamanho o matagal, lamaçal por tudo quando é espaço, saúde falida, escolas caindo aos pedaços.
##########
Na coluna de domingo escrevi que muita gente boa foi embora daqui por conta desta depressão. Ninguém é obrigado a morar onde não se sente bem e Guajará-Mirim é apenas uma cidade frente a tantas cidades modernas pelo Brasil afora. Se as pessoas estão se sentindo mal em morar neste final de estação, por que não procurar outra cidade? Ninguém odeia Guajará-Mirim de graça. Com certeza tem seus motivos. É porque já apanhou muito. Já deu muito suor pela cidade e não teve retorno.
##########
Outra coisa que deprime: temos um povo votante que se vende muito fácil também. Por menos de uma cesta básica, por promessas furadas, por uma mão de tinta nos seus casebres, por uma caixa de cerveja e as carnes para o churrasco após o futebol no final de semana. Este é o povo votante que elege os pilantras que o explora. Tem dívidas até o pescoço nas lojas de crediários e nos BMGs da vida, mas não desce do salto alto. Querem melhores condições? Façam portanto como muitos que já estão abrindo as mentes e os corações para a verdade. Vou explicar no próximo tópico.
##########
Existe saída para que Guajará-Mirim escape desta letargia e voltar a ser uma região rica, próspera e politicamente importante como foi em tempos passados? A resposta é sim. Existe saída possível. Esta mudança irá ocorrer através de idéias palpáveis e plausíveis. Sou pré-candidato a vereador na eleição de 2020. Meu compromisso vai ser com este povo ingênuo e sofrido desta Guajará-Mirim e com meus projetos de transformar esta cidade num lugar melhor para todos.
##########
Sou pré-candidato a vereador e duvido que os leitores já não estejam sabendo. Até porque meu nome já aparece em algumas pesquisas e enquetes nas redes sociais sem que eu pedisse ou falasse a respeito.
##########
Mudanças não se faz com promessas e fantasias. Mudanças se faz com voto. Portanto, em 2020 vote pela mudança. Arrisque! Aposte!
##########
A Câmara de Ji-Paraná gastou em dezembro do ano passado 140 mil Reais com abono natalino para funcionários e vereadores. Entre efetivos e cargos de confiança, cada servidor recebeu Hum mil Reais de presente no final do ano. Não é ilegal. Em Guajará-Mirim, o presidente da Casa de Leis está fazendo uma grande reforma no aparato legislativo com o intuito de melhor receber e atender os cidadãos. Também é uma forma de se gastar a sobra restante do dinheiro da Câmara. Mas já houve caso de um ex-gerente da Casa que disse se orgulhar do fato de devolver dinheiro da Câmara para a Prefeitura. Ignorância política. Quem é que garante que este montante não irá se escafeder por conta da má administração dos governos atuantes?
* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Mamoré não tem responsabilidade legal pela "opinião", que é exclusiva do autor.


Unopar Guajará-Mirim
O Agrônomo pode trabalhar com ciência do solo e da água economia, engenharia e extensão rural, produção animal e vegetal, empresas alimentícias, indústrias de sementes, grandes propriedades rurais, equipamentos e adubos, além de poder atuar com ensino e pesquisas.

Polo Guajará-Mirim:
Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues
(69) 3541-5375
(69) 99357-8293



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem