26 de dezembro de 2019

Não reclame de nada, apenas ore quando as coisas fugirem

Não reclame de nada, apenas ore quando as coisas fugirem

Aprendi que independente dos momentos difíceis, das lutas e decepções que passamos, dos cansaços e até dos nãos recebidos temos que ser gratos a Deus por tudo, e acreditarmos sempre que há um propósito em cada situação, e que se soubermos lidar com cada uma delas sem nos dilacerarmos por dentro, e sem abrirmos espaços para os sentimentos ruins, a gente vence, e vence com muita coragem, e com muito amor e respeito próprio.
Não estou dizendo que devemos aceitar o sofrimento ou batermos palmas para os fracassos, de maneira alguma. Mas que necessariamente devemos entender que maior é aquEle que está em nós, e é dEle que vem a nossa vitória. Por mais que o universo conspire contra, quando nos colocamos aos cuidados do Senhor as coisas fluem de uma tal maneira que o que parecia perdido, complicado, difícil ou até impossível começa a acontecer na nossa vida simplesmente por estarmos sob os cuidados dEle que tudo pode fazer por nós. Eu sou testemunha viva de que Ele realmente sabe o que faz, e também sabe exatamente do que deseja o nosso coração, seja lá o que for, e isso inclui até bênçãos materiais também. Deus sabe até quando desejamos um sapato da lojinha da esquina e não temos condições de comprar. Ele sabe nos surpreender através de pessoas que nem nunca vimos na vida, e que simplesmente chegam para nos fazer se sentir importante e cuidados. Não duvidem, isso acontece comigo sempre. Um conselho eu te dou , não reclame de nada, apenas ore quando as coisas fugirem do seu controle, quando o seu dia estiver ruim, ou quando os ventos soprarem mais fortes, a sua oração chega aos ouvidos de Deus como um pedido de socorro urgente, e por você Ele coloca um exército de anjos a trabalhar. Costumo dizer que a luz não está no final do túnel, mas em todo o percurso que caminharmos se em nós houver confiança e fé.

Cecilia Sfalsin

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved