16 de novembro de 2019

Fórum de Fortalecimento da Rede + Brasil será realizado em Porto Velho

A plataforma busca primeiramente a captação de recursos, mas a intenção da Rede é abarcar todos os repasses e transferências constitucionais e legais, para manter melhor execução dos recursos.
Fórum de Fortalecimento da Rede + Brasil será realizado em Porto Velho

Na última quarta-feira (15) o município de Guajará-Mirim recebeu a presença Cleverson Brancalhão da Silva, assessor da superintendência de desenvolvimento, e em parceria com secretaria de Planejamento, apresentou a proposta que será apresentada ao estado e que os municípios consequentemente serão multiplicadores do Fórum de Fortalecimento da Rede + Brasil.
Em Guajará-Mirim a reunião ocorreu no Palácio Pérola do Mamoré
Cleverson Brancalhão esteve reunido com os prefeitos de Guajará-Mirim e Nova Mamoré, e explicou que o Fórum de Fortalecimento da Rede + Brasil será voltado a órgãos e entes públicos que utilizam recursos da União.

Esse fórum tem o objetivo de capacitar usuários da nova plataforma do Governo Federal, o Rede + Brasil, na qual Rondônia já está inserida. 

Esse sistema tem como objetivo melhorar a captação de recursos para o estado, municípios e organizações sem fins lucrativos, além de dar maior efetividade aos gastos públicos.

Segundo o Governo de Rondônia Coronel Marcos Rocha, atualmente a captação de recursos no estado é descentralizada, mas com a utilização da plataforma Rede + Brasil o trabalho será concentrado, garantindo agilidade nos processos, além de dá maior e transparência nas transferências financeiras da União para o Estado.
Em Nova Mamoré a reuniu ocorreu no prédio da Prefeitura
Na companhia do secretário regional coronel Derzete o assessor da superintendência de desenvolvimento Cleverson Brancalhão disse que o Fórum vai capacitar usuários que serão multiplicadores desse conhecimento para os demais municípios, sobre como utilizar o novo módulo, buscando a eficiência na aplicação dos recursos. 

Segundo o assessor a plataforma busca primeiramente a captação de recursos, mas a intenção da Rede é abarcar todos os repasses e transferências constitucionais e legais, para manter melhor execução dos recursos, finalizou.

Fonte: Assessoria.

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved