26 de outubro de 2019

Violência contra a mulher é tema de evento realizado na Câmara Municipal de Guajará

A ação contou com a parceria da Defensoria Pública do Estado de Rondônia e da Reitoria do IFRO.
Violência contra a mulher é tema de evento realizado na Câmara Municipal de Guajará

O IFRO (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia), Campus Guajará-Mirim, realizou evento de extensão intitulado: “Pelo fim da violência contra a mulher” na Câmara de Vereadores de Guajará-Mirim, no dia 22/10. A mesa redonda foi idealizada pelos acadêmicos do quarto período do curso de Licenciatura em Ciências com habilitação em Química ou Biologia. A ação contou com a parceria da Defensoria Pública do Estado de Rondônia e da Reitoria do IFRO.

    Violência contra a mulher é tema de evento realizado na Câmara de Municipal de Guajará

O evento faz parte de um projeto de curricularização da carga horária destinada à extensão, servindo ainda para divulgar à comunidade externa o conhecimento teórico desenvolvido em sala de aula. O evento teve início com a Diretora-Geral do CampusGuajará-Mirim, Elaine Oliveira Costa de Carvalho, que deu as boas-vindas aos presentes e falou da importância do IFRO na região e de eventos que estabeleçam diálogos com sua comunidade externa em prol da cidadania. Os acadêmicos apresentaram encenação que retratou um caso baseado em histórias reais de violência contra a mulher.
A mesa redonda foi constituída com a presença da Defensora Pública do Estado de Rondônia, Maria Cecília Schmidt, que abordou a Lei Maria da Penha e “Pornografia de Vingança e outras formas cibernéticas de violência de gênero”. As servidoras da Reitoria do IFRO, Janaína Kelly Leite Chaves e Solimária Pereira Lima, refletiram sobre “Violência simbólica na arte e em outros espaços” e “Formas de discriminação relacionadas ao corpo feminino negro”, respectivamente.
“Foi interessante ver a empolgação dos acadêmicos na realização deste projeto interdisciplinar e o interesse da comunidade externa nas perguntas que foram realizadas durante as palestras. Contudo, este projeto revelou a triste realidade de que a violência contra a mulher está mais próxima do que imaginamos, independentemente de classe social e ou econômica. O importante é que uma semente foi lançada e torcemos muito para que ela germine em prol da igualdade e do respeito, independentemente do gênero”, afirma o coordenador do projeto, Professor Marcos Vinicius da Costa Meireles.
Junto com Marcos Vinícius estão na coordenação do projeto os professores Alberto Ayres Benício, Charles Montenegro de Medeiros Cantai, Maria de Fátima Fernandes, Rosa Martins Costa Pereira e Rosely Furtado Roca. A intenção foi mobilizar a comunidade interna e externa ao IFRO para esclarecimentos e reflexão sobre indicadores e índices sociais de violência física e simbólica contra a mulher, sobretudo em âmbito regional e municipal.
No evento foi exposto banner com dados estatísticos comparativos dos casos de violência contra a mulher no Brasil, Rondônia e em Guajará-Mirim. Após as falas da mesa, os acadêmicos apresentaram pesquisa sobre aplicativos de celular que buscam auxiliar as mulheres na prevenção da violência. As convidadas ainda responderam a várias perguntas dos participantes do evento que se mostraram bem interessados na temática e parabenizaram pela iniciativa do Instituto Federal em promover um evento com esta temática. Entre os participantes estavam servidores do IFRO e da UNIR (Universidade Federal de Rondônia), Maestras da Escola Fé e Alegria de Guayaramerim (Bolívia), pessoas ligadas ao judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, acadêmicos da Licenciatura em Ciências e comunidade em geral.




Fonte: Assessoria

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved