24 de outubro de 2019

Procurador-Geral de Justiça assina contrato e ordem de serviço para construção da nova sede da Promotoria de Justiça de Guajará-Mirim

Foi assinada a ordem de serviço para início dos trabalhos de construção da nova Promotoria.
Procurador-Geral de Justiça assina contrato e ordem de serviço para construção da nova sede da Promotoria de Justiça de Guajará-Mirim

O Procurador-Geral de Justiça, Aluildo de Oliveira Leite, assinou na tarde desta quarta-feira (23/10) o contrato com a empresa Master Engenharia Eirelli, vencedora do processo licitatório, na modalidade concorrência, para a construção da nova sede da Promotoria de Justiça de Guajará-Mirim.
No ato, ocorrido no edifício-sede do MPRO, em Porto Velho, foi também assinada a ordem de serviço para início dos trabalhos de construção da nova Promotoria. Participaram da reunião de assinatura do contrato e ordem de serviço, o Secretário-Geral do MPRO, Marcos Valério Tessila; a Chefe de Gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça, Promotora de Justiça Ana Brígida Xander Wessel, e integrantes da Empresa Master Engenharia, da Diretoria Administrativa (DA), do Departamento de Apoio Administrativo (DAA) e da Seção de Infraestrutura (Seinf).
O novo prédio da Promotoria de Justiça de Guajará-Mirim vai ocupar um terreno de 2.726 metros quadrados e terá uma área construída de mais de 1.300 metros quadrados.
O projeto do novo prédio foi desenvolvido pelo Analista em Arquitetura, Osiris França Santos Filho, da Seção de Infraestrutura (SEINF) do MPRO, e contará com até quatro gabinetes para Promotores de Justiça, Cartório, salas para assistentes de promotorias e de audiências, banheiros para servidores e público adaptado para pessoas com deficiência, estacionamentos interno e externo e um auditório com capacidade para 95 pessoas, obedecendo todas às normas vigentes de acessibilidade. Com a nova construção do prédio, o MP pretende oferecer uma melhor estrutura para atendimento aos cidadãos da Comarca de Guajará-Mirim e melhores condições de trabalho aos Membros e servidores.
Fonte: ASCOM

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved