29 de outubro de 2019

Polícia Ambiental apreende 25 kg de peixes e doa para instituição

Polícias do BPA flagraram duas pessoas pescando com utensílios proibidos, os peixes foram doados.
Polícia Ambiental apreende 25 kg de peixes e doa para instituição

Durante a semana passada acontecia Operação de fiscalização na Reserva Extrativista do Pacaás Novos quando policiais lotados no Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) flagraram duas pessoas pescando com utensílios proibidos.
A apreensão dos peixes e malhadeiras ocorreu na Resex do Pacaás Novos
Cerca de 25 kg de peixes foram apreendidos nesta semana durante uma ação de fiscalização do no Batalhão de Polícia Ambiental (BPA). O caso aconteceu na Reserva Extrativista do Pacaás Novos, Baia Lago das Garças, zona rural do município de Guajará-Mirim/RO.
De acordo com o BPA, homem de 50 anos e o outro de 29 anos de idade, foram flagrados pescando utilizando malhadeiras no lago as margens do Rio Pacaás Novos. Foram indagados se eram pescadores, ao receber a negativa as malhadeiras e 25 kg de peixes que estavam em um isopor foram apreendidos.
As malhadeiras, uma medindo 75m e duas medindo 40m foram depositadas do quartel do Batalhão de Polícia Ambiental em Guajará-Mirim. O pescado apreendido foi doado para a Associação dos Idosos do município.
Os quilos de peixes apreendidos pela Polícia Ambiental foram doados para a Associação dos Idosos
Segundo a Lei de Crimes Ambientais n.º 9.605/98, dependendo das circunstâncias, o criminoso estará sujeito a multas e apreensão de equipamentos e embarcação. Os autos de infração ambiental foram confeccionados e devido a falta de espaço na embarcação a dupla foi avisada das infrações e que serão intimados para prestar esclarecimentos do fato.
Fonte: O MAMORÉ

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved