11 de outubro de 2019

Homem é morto com facada

Valdeci Vicente Souza, de 43 anos, conhecido por “Tabaquinho”, foi morto a facadas em uma das alas do Mercado Público Municipal de Guajará-Mirim/RO.
Homem é morto com facada

Valdeci Vicente Souza, de 43 anos, conhecido por “Tabaquinho”, foi morto a facadas em uma das alas do Mercado Público Municipal de Guajará-Mirim/RO, na madrugada desta sexta-feira, 11. Uma pessoa foi presa e confessou que praticou o crime em legítima defesa.
O crime ocorreu por volta de 04hs, segundo a Polícia Militar, Valdeci Vicente Souza, vulgo “Tabaquinho”, José Maria Santana da Silva e outros homens encontravam-se ingerindo bebida alcoólica em uma das alas do Mercado. Segundo, José Maria, os seus colegas tentaram tomar seu dinheiro, ele reagiu e acabou se apossando de uma faca que atingiu “Tabaquinho”.  Uma equipe do Corpo de Bombeiros chegou ao local do fato e encontrou sem os sinais vitais a vítima.
José Maria não soube precisar aos policiais quantos golpes desferiu na vítima, mas disse que o crime foi em sua defesa. O acusado foi preso pelos policiais militares e conduzido a Delegacia de Polícia Civil.
José Maria Santana da Silva foi preso
 O acusado apresentava sintomas de embriagues alcoólica, a reportagem do jornal e site O Mamoré, durante a entrevista pode sentir forte o odor de álcool.  Ele foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio e está à disposição da Justiça.
Por volta de 10h, o corpo de “Tabaquinho” após ser submetido a necropsia, foi liberado e a Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) forneceu um caixão para que ocorresse o sepultamento.
A Divisão de Homicídios (D. H.), da Polícia Civil, ainda investiga o caso, para que possa apurar melhor o relato de todas as pessoas presentes no local do homicídio.
“Tabaquinho” foi assassinado
O corpo de "Tabaquinho" foi encaminhado até a Capela do Cemitério Santa Cruz, onde o vereador 'Roberto Mercado', conseguiu via Semtas o caixão, roupas para a vítima e a liberação para o enterro, já que a vítima não estava de posse de documentos.
Fonte: O MAMORÉ.

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved