19 de outubro de 2019

Campus Guajará-Mirim faz Gincana de Matemática

Os participantes foram os estudantes dos cursos técnicos integrados em Biotecnologia, em Informática e em Manutenção e Suporte em Informática.
Campus Guajará-Mirim faz Gincana de Matemática

O IFRO (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia), Campus Guajará-Mirim, desenvolveu o projeto de extensão intitulado “Gincana de Matemática”. Os participantes foram os estudantes dos cursos técnicos integrados em Biotecnologia, em Informática e em Manutenção e Suporte em Informática.

Campus Guajará-Mirim faz Gincana de Matemática

Finalizando o terceiro bimestre letivo, foi realizada as atividades do projeto que ocorreram no pátio do Campus Guajará-Mirim, sob a coordenação dos professores Aline Alves Costa, Igor Feijó dos Santos e Charles Montenegro Medeiros de Cantai. Alguns estudantes participaram na elaboração e confecção de provas práticas, de raciocínio lógico e de conhecimentos teóricos.  O projeto teve o intuito de conceber um ambiente que contribuísse para desmistificar a concepção de Matemática como difícil e obsoleta, usando a interação entre alunos de cursos e turmas distintas, na promoção de troca de conhecimentos, estímulo da criatividade e superação de dificuldades identificadas.
Essa foi a primeira atividade no âmbito do Campus Guajará-Mirim relembrando uma data comemorativa da Matemática, mecanismo que já ocorre em diversas instituições de ensino do país em homenagem ao matemático brasileiro Júlio César de Mello e Souza, mais conhecido pelo pseudônimo Malba Tahan. A escolha em realizar uma gincana possibilitou um cenário para integração de estudantes de turmas, cursos diferentes, além de aplicar a matemática.
Segundo os organizadores, “o evento, como culminância do projeto, teve boa aceitação por parte do público, muitos alunos relataram terem vivenciado um dia de muita interação, compreensão de conteúdos, oportunidade de expor talentos e criatividade e inclusive momentos de diversão. Era possível perceber os gestos de satisfação durante as realizações das provas da gincana, mesmo sendo uma atividade com duração de oito horas, os alunos se mostravam dispostos e interessados em permanecer ativamente na disputa. Alguns em agradecimento aos coordenadores afirmaram que foi o evento mais surpreendente de maneira positiva, pois a expectativa era de um evento ‘chato’ por ser relacionado à Matemática. E ainda sugeriram que outras disciplinas também possam integrar um evento dessa natureza”.
A ação foi organizada pelos próprios professores, que ainda fizeram a aquisição de medalhas para premiação, as quais foram confeccionadas pelo estudante Leandro Reis do Técnico em Manutenção e Suporte em Informática, com a colaboração do professor de Informática, Valber Lemes Zacarkim. No dia do projeto houve muita criatividade nas escolhas dos nomes das equipes, na apresentação de mascotes e de fantasias em homenagem à Matemática, até na solução de respostas às provas e desafios. Nas próximas edições os organizadores esperam abranger toda a comunidade interna e estendendo o convite a outras escolas de Ensino Médio da região.








Fonte: Assessoria.

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved