26 de setembro de 2019

Solenidade no 6º BIS comemorou 87 anos de criação do Batalhão

Solenidade homenageia "Amigos do Batalhão".
Solenidade no 6º BIS comemorou 87 anos de criação do Batalhão

Solenidade reuniu militares e autoridades 
O 6º Batalhão de Infantaria de Selva (6º BIS), Comando de Fronteira Rondônia, realizou na noite desta quarta-feira, 25, solenidade de formatura alusiva ao 87º aniversário de criação do Batalhão.
A formatura alusiva, contou com a presença de autoridades civis, militares, eclesiásticas, professores e alunos da Escola de Música “Francisco Martins do Nascimento”, além da comunidade guajaramirense. Durante o evento foram entregues diploma aos “Amigos do Batalhão Forte Príncipe da Beira”, a dezesseis autoridades civis, militares e personalidades, como prova de consideração, estima e reconhecimento por haverem prestado assinalados serviços e apoio a esta Organização Militar do Exército Brasileiro.
Encerrando a cerimônia, além do desfile da tropa, desfilaram também, militares da reserva ativa do Batalhão, abrilhantando ainda mais a solenidade. Após a formatura, foi realizada uma apresentação da Escola de Música Francisco Martins do Nascimento.
O Tenente Coronel de Infantaria Marcelo Bastos de Souza, comandante do 6º BIS, recebeu homenagens durante a solenidade.


Amigos do Batalhão
Comandante do DN-3 “Madera”, CN. DAEN Aldo Federico Ledezma Salcedo, em Guayaramerin/Bolívia
Diretor HGUPV, Coronel Hailton Antônio Casara Cavalcante
Comandante do 4º Batalhão de Infantaria de Selva, Tenente Coronel Wellinton Prates
Comandante da 17ª Base Logística, Tenente Coronel Marcelo Cândido Faria Fernandes
Comandante da 17ª Brigada Infantaria de Selva, Tenente Coronel Ricardo Batista Zimmermann
Chefe do Setor Jurídico da 17ª Brigada Infantaria de Selva, Tenente Coronel Maurício Bachie Ferreira,
Ex-comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira, Tenente Coronel PM Cláudio Roberto Giffoni da Silva
Comandante da 17ª Companhia Infantaria de Selva, Major Gabriel Bello Visonti
Delegado Regional de Polícia Civil, Dr. Milton Santana da Silva
Secretário Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (Semcet), Alan Eric de Sousa Barros
Chefe da 1ª Ciretran em Guajará-Mirim, Marcelo Bentes
Diretor do Departamento de Cultura e Turismo de Guajará-Mirim, Ernandes Gomes da Silva
Deputado Federal do Estado de Rondônia, Coronel João Chrisóstomo de Moura (representado pelo sobrinho Angel Ericsson Gomes Andrade)
Historiador, escritor e Professor, Lourismar da Silva Barroso
Editor e repórter do jornal eletrônico rondoniaovivo, José Cícero Moura

Proprietária da Casa do Fazendeiro, Jozilma Leite da Costa e Faria Barbosa








História do Batalhão
6º Batalhão de Infantaria de Selva teve origem no Contingente Especial de Fronteira, criado por determinação do Ministério da Guerra, em vinte e três de setembro de mil novecentos e trinta e dois, com efetivo de trinta e três praças, ficando subordinado à Inspetoria de Fronteira Madeira Mamoré, sediada em Porto Velho. Em vinte e dois de novembro do mesmo ano, o grupamento se instalou efetivamente na cidade sob o comando do segundo Tenente Raimundo Zeno Ferreira.
Em dez de novembro de mil novecentos e trinta e cinco transfere-se para instalações próprias, onde hoje funciona o Círculo Militar Boinas Rajadas.
Em trinta de março de mil novecentos e cinqüenta e cinco, é transformado em Sexta Companhia Especial de Fronteira, até que em mil novecentos e cinqüenta e sete passa a ocupar suas atuais instalações.
Foi transformado em trinta e um de março de mil novecentos e setenta e sete em 6º Batalhão Especial de Fronteira, sendo que em dezenove de maio de mil novecentos e noventa e dois passou a ser denominado Comando de Fronteira Rondônia e Sexto Batalhão de Infantaria de Selva.
Em dezenove de setembro de mil novecentos e noventa e sete, recebeu o Estandarte e a designação histórica de “Batalhão Forte Príncipe da Beira”, conforme publicado no Boletim do Exército da mesma data, e publicado no Boletim Interno do Sexto BIS em treze de outubro de mil novecentos e noventa e sete.
O 6º Batalhão de Infantaria de Selva é constituído pelo Estado-Maior, uma Companhia de Comando e Apoio, duas Companhias de Fuzileiros de Selva e uma Base Administrativa, além do Primeiro Pelotão de Fuzileiros de Selva Destacado no Forte Príncipe da Beira, na Cidade de Costa Marques.
 Fonte: O MAMORÉ

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved