25 de setembro de 2019

Secretaria Regional em Guajará-Mirim realiza 1º Workshop de Arranjos Produtivos Locais

Foi discutido com representantes da população, membros da sociedade civil organizada e órgãos públicos, quais as potencialidades da região de (Guajará e Nova Mamoré).
Secretaria Regional em Guajará-Mirim realiza 1º Workshop de Arranjos Produtivos Locais

Realizado nesta quarta-feira, 24, no Auditório da UNIR, Campus de Guajará-Mirim, o 1º Workshop dos Arranjos Produtivos locais, onde foi discutido com representantes da população, membros da sociedade civil organizada e órgãos públicos, quais as potencialidades da região de (Guajará e Nova Mamoré). 
Durante o evento, coordenado pela secretaria de desenvolvimento do estado de Rondônia- SEDI e de Planejamento - SEPOG, foram levantadas varias potencialidades, dentre elas a do turismo, dos produtos da sociobiodiversidade, produção leiteira e derivados.
De acordo com o secretário executivo regional coronel Flávio Derzete da Mota, as Associações e Cooperativas, Rondônia tem grande potencial de produção agrícola e industrialização, e essas oportunidades de negócio tanto do pequeno produtor quanto do grande empresário na indústria precisam ser conectadas.
“O café na nossa primeira refeição do dia, por exemplo, teve que passar por inúmeras iniciativas: o pequeno produtor precisou colher o café, a cooperativa teve que industrializar, o empresário teve que comercializar e as instituições públicas tiveram que fomentar incentivos fiscais, leis e decretos. É possível gerar nova economia com os grãos sendo utilizados, também, pelo pequeno empreendedor artesão. Temos aqui um exemplo de uma possível APL do café”, explica o coronel Derzete.
O workshop contou com palestras sobre o mapeamento e a atuação dos APLs e oficinas de estudo e proposição de diretrizes para o desenvolvimento desses arranjos. Os objetivos são orientar o reconhecimento e a homologação atualizada dos APLs do Estado, discutir as condições de produção e as necessidades de intervenção e ainda apresentar as diretrizes de desenvolvimento para os APLs reconhecidos.
O evento foi aberto para todos profissionais que atuam com as políticas de desenvolvimento regional em Guajará, como integrantes de Secretarias estaduais e municipais, dos órgãos de assistência técnica e pesquisa (como a Emater e a Embrapa), de instituições de ensino, como Ifro e Unir e demais entidades, como sindicatos e associações.

Ainda participaram do evento o chefe da CIRETRAN Marcelo Bentes, o coordenador chefe do Barco Hospital Giovane Guastala  e o assessor técnico da SEPOG, Wanderson Azevedo entre outras autoridades convidadas.

Fonte: Assessoria

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved