Um Boletim de Ocorrência foi registrado na Delegacia de Polícia Civil por uma conselheira tutelar, informando que um adolescente estaria transitando em via pública algemado.
Segundo a conselheira, recebeu denúncia anônima que na tarde desta quinta-feira, 26, um adolescente de 15 anos estava andando em via pública com as mãos algemadas, ela procurou o adolescente para obter seu relato, em seguida a Conselheira foi até a Delegacia de Polícia.
O adolescente relata que estava próximo a Praia do Acácio, no bairro Tamandaré, quando foi abordado e algemado por policiais da Força Nacional, conseguindo fugir ainda algemado e com um ‘tesourão’ cortou a algema. Uma pessoa ligou para o Conselho Tutelar informando o fato, quando este foi procurado pela assistente social.
A narrativa do adolescente foi desmentida após uma ligação durante a noite, na Delegacia de Polícia Civil, durante confecção do Boletim de Ocorrência, o comissariado entrou em contato via telefone com a sede da Delegacia de Polícia Federal, órgão onde os policiais da Força Nacional trabalham em conjunto. O policial federal de plantão disse desconhecer o fato.

Fonte: O MAMORÉ

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem