9 de agosto de 2019

Sevic desarticula comércio de drogas em residência no bairro Triângulo

Um casal foi preso com 30 trouxinhas e 19 papelotes prontos para serem comercializados.
Sevic desarticula comércio de drogas em residência no bairro Triângulo

Foi por meio de uma denúncia ao Disk Denúncia 197 que os policiais prenderam droga e um casal que comercializava, em uma residência no bairro Triângulo, município de Guajará-Mirim/RO.

Alexandre de Almeida Castro e sua esposa, Selma Divina dos Santos Pinedo, a "Selminha"
foram presos por tráfico de drogas
Os policiais civis, do Serviço de Investigação, Vigilância e Captura (Sevic) receberam informação que um traficante preso na casa situada a Avenida  08 de Dezembro nº 299, estaria funcionando ainda como "boca de fumo" em Guajará-Mirim, o comércio de drogas estava sendo realizado pelos moradores, o casal Alexandre de Almeida Castro, de 22 anos, e Selma Divina dos Santos Pinedo, de 35 anos, a "Selminha". A casa passou a ser monitorada pelos agentes em torna de uma hora e meia, das 20hs até às 21hs30min, desta quinta-feira, 08. Os policiais notaram que A. S. Y. F. era o "olheiro" do casal, permanecendo do lado de fora da casa observando a aproximação dos usuários. Os agentes notaram que o casal dividia as tarefas, Alexandre atendia o "cliente" e Selminha buscava em algum lugar da casa a substância entorpecente.  Os usuários foram abordados distante da casa, comprovando a denúncia de que ali funcionava uma boca de fumo. Ao abordarem o usuário de 44 anos, este confirmou ter adquirido 05 papelotes com cocaína com Alexandre, e no dia anterior, quarta-feira, 07, adquiriu mais entorpecentes no mesmo lugar, desta vez com "Selminha". O usuário ainda delatou a denúncia recebida pelos policiais, de que anteriormente a prisão de Bruno Eguez Rivas Montano (leia notícia:http://www.omamore.com.br/2019/06/policiais-civis-e-da-unesfron-apreendem.html), comprava com ele o entorpecente, após sua prisão, o casal passou a vender a substância entorpecente.
Ao entrarem na casa, os policiais encontraram "Selminha" deitada na cama, em cima de uma bolsa feminina, de cor verde, dentro da bolsa foram encontrados 30 trouxinhas e 19 papelotes de drogas. Alexandre confessou que vendia as trouxinhas pelo preço de R$ 10,00 e os papelotes pelo valor de R$ 5,00. Da venda realizada no dia da prisão, o casal arrecadou R$ 190,00. Papéis recortados e idênticos aos papéis usados para embrulhar a porção adquirida pelo usuário de 44 anos foram apreendidos e comprovam a comercialização do casal. Um kit de produto de higiêne pessoal foi encontrado, "Selminha" afirmou que havia trocado por 01 papelote de cocaína, e apreendidos pelos policiais. Hidrometro e dois canos de pvc soldável apresentavam forte odor de droga, e um caderno contendo anotações de porções de drogas vendidas também foram apreendidos. O casal foi conduzido a Delegacia de Polícia Civil e autuado em flagrante por tráfico de drogas. Ela encaminhado ao Albergue Feminino e ele ao presído masculino, estão à disposição da Justiça.
Droga, dinheiro, produtos utilizados para comercializar a substância, bem como kit cosmético foram apreendidos
As investigações ainda continuam, já que o local era abastecido por algum traficante, bem como Bruno e o casal foram presos vendendo drogas na mesma casa.
Fonte: O MAMORÉ

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved