31 de agosto de 2019

Projeto Saber Viver realiza capacitação em Guajará-Mirim

O projeto visa ao apoio técnico para a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico de Guajará e de mais 18 localidades rondonienses.
Projeto Saber Viver realiza capacitação em Guajará-Mirim

O Projeto Saber Viver, do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) em parceria com a Fundação Nacional da Saúde (Funasa), realizou no final do mês de junho, no período de cinco dias, capacitação do comitê local na cidade de Guajará-Mirim. O projeto visa ao apoio técnico para a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico de Guajará e de mais 18 localidades rondonienses.
Formação é parte do apoio técnico à elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico
Por meio de um Termo de Execução Descentralizada, a Funasa e o IFRO têm o objetivo assessorar tecnicamente a gestão municipal na elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico. Essa assessoria prevê a realização de pesquisa de campo voltada para a identificação das realidades regionais, capacitação de pessoas nos municípios, para construção e monitoramento do PMSB, assistência técnica profissionalizada no diagnóstico e construção do PMSB e elaboração e transferência de mecanismos de monitoramento e avaliação da gestão do saneamento básico.
A abertura da capacitação na cidade fronteiriça correu com o tema central é “o que é o saneamento básico”, mas também será abordada a função do comitê e apresentação das etapas do PMSB, assim como os meios de participação e gestão do plano.
Durante a capacitação, “Eixos do saneamento básico (Abastecimento de água e Esgotamento sanitário) ” e “Estratégia de Mobilização, Comunicação e Participação Social”, foram os temas principais, cujos desdobramentos seguiu no terceiro dia, com destaque ainda para o módulo “Eixos do saneamento básico (Manejo de Resíduos sólidos e Manejo de Águas Pluviais) ”.
No quarto dia, o Projeto Saber Viver apresentou aos cursistas etapas e produtos do PMSB. A formação, densa e com muitas atividades, como dinâmicas, avaliações, oficinas e discussões, seguiu até o quinto dia, quando ocorreu a confraternização de encerramento.
  

Fonte: Assessoria.

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved