8 de agosto de 2019

Homem é preso por porte ilegal de arma e crime ambiental

O homem foi preso, a arma, munições e o animal apreendidos.
Homem é preso por porte ilegal de arma e crime ambiental

Tatu abatido durante a caça
Militares lotados no Batalhão de Polícia Militar, em Guajará-Mirim/RO, durante fiscalização ambiental na Reserva do Rio Ouro Preto, Ramal do Seringueiro, depararam com um homem carregando no baú de uma motocicleta um tatu abatido, além de uma arma de fogo com munições. O homem foi preso, a arma, munições e o animal apreendidos.
Durante os primeiros minutos de quarta-feira, 07, os policiais transitavam pela Resex, no Ramal, a cerca do km 30, zona rural do município, avistaram um motocicleta modelo Biz, de placa NCX 3790, de cor azul, conduzia por Elias Gadelha Gonçalo, de 37 anos. O homem carregava à tira colo, nas costas com bandoleira, uma espingarda calibre 20, com uma munição, em seu bolso haviam cinco munições intactas e no outro lado do bolso uma deflagrada, totalizando sete projéteis. No baú da motocicleta havia um animal abatido, um tatu. Elias não possuía documentação do veículo e porte de arma, foi preso e conduzido a Delegacia de Polícia. Os militares da Polícia Ambiental lavraram infrações em desfavor do acusado pelo crime ambiental, sendo uma multa no valor de R$ 500,00 por matar espécie da fauna silvestre e por penetrar em Unidade de Conservação sem autorização, multa no valor de R$ 1.000,00, conforme estipula o Art. 93, do Decreto Federal nº 6514/2008, que prevê multa em dobro, o homem foi multado em R$ 2.000,00.
A delegada plantonista, Luanda Luíza Mota Ximenes, realizou o flagrante em desfacor de Elias.
Fonte: O MAMORÉ

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved