11 de agosto de 2019

Coluna Almanaque: CASOS E ACASOS DA VIDA

Por Fábio Marques
Coluna Almanaque: CASOS E ACASOS DA VIDA

Por Fábio Marques
O poeta estava no aeroporto Santa Genoveva no aguardo de sua viagem de retorno para a província. Pouco antes de embarcar no gigante pássaro de prata, deu uma última olhada para a cidade de Goiânia e procurou alcançar através de imagens cerebrais Anápolis, a cinqüenta quilômetros. Lembranças de sonhos, projetos, utopias e ilusões vividas com sua mulher amada vieram-lhe à cabeça. Estava mais uma vez perdido e não tinha ninguém para lhe confortar. Ninguém para lhe apontar os rumos das coisas na vida. As lágrimas que escorriam pelo rosto do poeta não chegaram a causar comoção nos demais usuários e tripulação do Boeing da companhia, todos ocupados com seus próprios problemas. Mas pesaram dentro de sua alma mais que todas as dores e problemas do mundo.
##########
Hoje em dia não se discute mais opiniões. As opiniões a favor ou ao contrário estão sendo criadas a partir de linhas de montagem via Internet e a burrice cada vez mais vai ficando amestrada pelos cavalos de batalha de um lado e de outro neste teatro do absurdo. O que se constata nos dias atuais é que os imbecis prosperam enquanto o cinismo e a crueldade evoluem em conjunção com a tecnologia. Os últimos resquícios de vida humana estão virando ferrugem e refugo na sucata da conduta ética. Aliás, ética hoje é apenas uma palavra que precisa de muita prática e aventura para sobreviver. Como explicar, por exemplo, o fato de políticos sem escrúpulos que assassinam milhares de pessoas através de suas práticas corruptas morrerem de morte natural e o poeta sonhador, por não suportar a saudade e a distância da mulher amada que reside muito além das montanhas, se suicidar? A lógica do absurdo ou o absurdo da lógica? Este é o vídeo-game da vida real.
##########
E onde estava Deus enquanto este poeta vivia todas as tragédias, dores e angústias? Ah, esqueçam! Deus é apenas uma alegoria que o homem inventou para que fosse preciso existir e pudesse consolá-lo em seus instantes de dúvidas e temores. Foi preciso alguém inventar Deus para que suprisse o homem em seu estado natural de ignorância em tempos remotos. E assim vamos fingindo que está tudo bem e tocando em frente sempre a nos enganar nesta vida fudida. Está fudido hoje quem tem um pouco de cultura e acima de tudo é honesto com seus ideais, seus sonhos, fantasias, utopias e amores na vida.
##########
Não estou lembrado qual bar foi a arena da discussão. Mas o fato é que lá pelas tantas o cidadão proclamou: - Se o ser humano tal como existe é a imagem e semelhança de Deus, isto quer dizer que Deus tem cabeça, tronco e membros. Alguém resolveu indagar: - o homem original tinha umbigo? O “teólogo” respondeu: - Tinha sim. E se tinha umbigo é porque foi parido e não feito de barro ou argila. O Gênesis não faz menção em nenhuma de suas páginas de que Deus seria dono de uma olaria. Mais plausível então é aceitar a idéia de que Deus poderia ter uma esposa, uma deusa. Lógico. Para ser mulher de Deus, tinha que ser uma deusa. Aí Deus e a Deusa teriam transado numa naice e dalí a nove meses a Deusa teria parido Adão e Eva.
Eis o mistério da fé!

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved