23 de agosto de 2019

Alunos da rede pública de Guajará-Mirim participam de palestras sobre o Exército e ingresso na instituição

A atividade faz parte das comemorações do Dia do Soldado.
Alunos da rede pública de Guajará-Mirim participam de palestras sobre o Exército e ingresso na instituição

Como parte das comemorações do Dia do Soldado, desenvolvidas no mês de agosto, o 6º Batalhão de Infantaria de Selva (6º BIS), visitou alunos das escolas municipais e estaduais.

Os alunos da Escola Estadual Alkindar Brasil de Arouca durante palestra ministrada pelos militares do 6º BIS
Durante os dias 20 e 21, respectivamente, terça e quarta-feira, os militares visitaram as escolas da rede pública. A atividade faz parte das comemorações do Dia do Soldado, onde foram destacados a operacionalidade e cumprimentos de suas missões em todo território nacional do Exército Brasileiro, valorizando o militar como membro de uma instituição nacional com os mais índices de confiabilidade e credibilidade por parte da sociedade brasileira, difundindo características e os valores da profissão militar. Os alunos receberam informações as condições de ingresso na instituição, tanto do segmento masculino quanto do feminino. 
Além dos colégios militares para alunos de níveis fundamental e médio (que não tornam o aluno militar, apenas forma até o Ensino Médio), existem duas possibilidades de ingresso na instituição: militar de carreira, por meio de aprovação em concurso público nacional; militar temporário, via seleção em âmbito regional. Além delas, vale destacar que há o alistamento obrigatório.
 Na Junta de Serviço Militar para homens que completam 18 anos. Nesse caso, é preciso se apresentar no primeiro semestre do ano em que o cidadão completa a idade.  A remuneração dos militares é composta por soldo, adicionais, gratificações e descontos obrigatórios. A partir de janeiro de 2019, os soldados para aspirante a oficial e 3° sargento são de R$ 6.993 e R$ 3.825, respectivamente.
Ingresso como militar de carreira
No caso dos concursos nacionais, o EB deverá publicar nas próximas semanas o calendário de editais de 2019. Esses visam ao ingresso de novos oficiais e sargentos na instituição em 2020. Os principais requisitos, além da aprovação no concurso, são:
altura de 1,60m para homens e 1,55m para mulheres
ser brasileiro nato, no caso de oficiais
ser brasileiro nato ou naturalizado, no caso de praças
O ingresso pode acontecer por meio de várias escolas, de acordo com o nível de escolaridade, a faixa etária, o sexo e o cargo almejado. Para ser oficial, a entrada no EB pode acontecer por meio de concurso nas escolas militares:
Ingresso como militar temporário
Para oficial
Temporário, o ingresso no EB se dá por meio do Estágio de Serviço Técnico (EST) ou Estágio de Adaptação e Serviço (EAS). Já para sargento, é por meio de Estágio de Serviço Técnico e do processo seletivo para Estágio Básico de Sargento Temporário (EBST). Nesses casos, o limite de permanência é de oito anos.
A entrada como militar temporário acontece por meio de seleções regionais. São 12 regiões do Exército que englobam todos os estados brasileiros e o Distrito Federal. As possibilidades de ingresso são por meio das seguintes opções:
Médico / Farmacêutico / Dentista / Veterinário
Escolaridade: nível superior
Sexo: masculino ou feminino
Idade: conforme edital
Ocial técnico temporário
Escolaridade: nível superior
Sexo: masculino ou feminino
Idade: conforme edital
Sargento técnico temporário
Escolaridade: nível médio e curso técnico
Sexo: masculino ou feminino
Idade: conforme edital
Fonte: O MAMORÉ com informações técnicas da Folha Dirigida

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved