28 de agosto de 2019

89 professores indígenas terminam em setembro último dos 10 módulos do Projeto Açaí

Rondônia conta 231 professores indígenas concursados na rede pública de ensino e atuam em 114 escolas estaduais localizadas em aldeias.
89 professores indígenas terminam em setembro último dos 10 módulos do Projeto Açaí

Criado em 2000, em Rondônia, o projeto é voltado para a formação de educadores indígenas e habilita os inscritos para lecionar nas séries iniciais. Nas fases anteriores, 220 professores de diferentes etnias participaram da iniciativa.

Os inscritos este ano são de comunidades indígenas localizadas nos municípios de Jaru, Vilhena, Porto Velho e Guajará Mirim.

Antônio Evangelista Sansão Puruborá, coordenador de Educação Indígena de Rondônia e liderança do povo Puruborá, conta que os professores são indicados pelas comunidades.

Rondônia conta 231 professores indígenas concursados na rede pública de ensino. Eles atuam em 114 escolas estaduais localizadas em aldeias. De acordo com a Secretaria de Educação do estado, quatro mil indígenas estão matriculados nas unidades escolares. Os recursos do Projeto Açaí – cerca de R$ 1 milhão – são de fonte estadual e federal. O governo de Rondônia analisa possibilidade de criar uma escola de formação para professores indígenas.
Fonte: 

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved