4 de julho de 2019

Alunos do Curso Técnico em Biotecnologia fazem visita técnica a projeto da Capital

Os alunos do IFRO, em Guajará-Mirim, realizaram visita técnica, no distrito de Nova Califórnia, Porto Velho (RO).
Alunos do Curso Técnico em Biotecnologia fazem visita técnica a projeto da Capital

Estudantes do Curso Técnico em Biotecnologia do IFRO (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia), Campus Guajará-Mirim, realizaram visita técnica à Associação dos Pequenos Agrossilvicultores e Cooperativa Agropecuária e Florestal do Projeto RECA, à margem da BR- 364, no distrito de Nova Califórnia, Porto Velho (RO).

Alunos do Curso Técnico em Biotecnologia fazem visita técnica a projeto da Capital


Os discentes do terceiro ano do Curso Técnico em Biotecnologia foram acompanhados pelos professores Everton Luiz Candido Luiz, Maiara Sousa Fernandes e Alcides Procopio Justiniano dos Santos Junior. A viagem ocorreu no dia 14 de junho, fazendo parte das disciplinas Controle de Qualidade de Bioprodutos e Empreendedorismo. Segundo os docentes Maiara e Everton a ideia foi a de proporcionar aos estudantes do curso técnico uma experiência profissional relacionada com a área de formação, obtendo conhecimento sobre o processamento de bioprodutos existentes na biodiversidade local, firmar parceria com a instituição visitada para vagas de estágio e/ou verificar a possibilidade de colaborar com o processo produtivo do Projeto RECA.
A estudante Larissa Gabriela da Silva Oliveira, da turma da manhã, vislumbrou a possibilidade do projeto RECA “constituir uma equipe de pesquisa para melhorar os processos e resultados financeiros. Sugeriu a Engenharia Genética para os problemas com as pragas e estudos dos princípios ativos contidos nos chás apresentados, para desenvolver novos fármacos ou fitoterápicos”.
Para a aluna Daniele Amaral, da turma vespertina, a visita representou “a preocupação da escola com os alunos, pois proporcionou uma experiência para a nossa classe com uma instituição direcionada ao curso. Percebeu-se que os conhecimentos recebidos em sala permitiram-lhes dialogar com aquela organização produtiva e ainda obtiveram novos conhecimentos”.
Segundo o Professor Everton, “como coordenador da atividade, o objetivo precípuo da visita foi o ensino prático aos alunos do curso, a captação de vagas de estágio e parceria interinstitucional. Como professor da disciplina de Empreendedorismo, a visita técnica representou uma prática exitosa para ensinar o processo empreendedor, identificação de oportunidades e conhecer o impacto do associativismo e cooperativismo, conteúdos previstos na ementa da disciplina. Os guias ficaram contentes com o interesse de nossos discentes e deixaram as portas da associação abertas. Foi uma experiência muito bem-sucedida para os professores e alunos participantes. Foi um trabalho integrado de diferentes setores da escola para que essa aula acontecesse, por isso registramos nossos agradecimentos aos diretores, chefes, coordenadores e os técnicos administrativos envolvidos”.
Fonte: Assessoria IFRO.

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved