11 de junho de 2019

CEI: Negado afastamento de prefeito

CEI: Negado afastamento de prefeito

Em votação plenária na noite de segunda-feira, 10, a Câmara Municipal deu voto contrário por maioria à entrada na Ordem do Dia do pedido da Comissão Especial de Inquérito que tencionou afastar o prefeito de Guajará-Mirim, Cícero Alves Noronha Filho (DEM), acusado em tese pelo vereador Isaac Lucas Cândido, que pertence ao mesmo partido do prefeito, de omissão em formalizar processo de licitação.

De acordo com o autor da denúncia, o prefeito cometeu ato falho por não realizar processo legal para conserto de duas ambulâncias do município. Para esta sessão plenária a Câmara convocou o suplente do vereador Isaac Lucas, Dj Alexandro Santos (PSDB), uma vez que pelos critérios do Estatuto Interno da Casa, o autor da delação não pode participar da votação.
Por oito votos a dois, o pedido de afastamento das funções do prefeito Cícero Noronha Filho acabou voltando para os arquivos do Legislativo. Votaram a favor da petição apenas os vereadores Kerling Brito (Podemos) e o suplente (DJ) Alexandro Santos.  Contrários ao requerimento votaram os vereadores: Adanildson Sicsú (PC do B), Roberto do Mercado (PMN), João Vanderlei (PSDC), Arão Wao Hara (PTB), Mário César (MDB), Augustinho Figueiredo (PDT), Gilmar Oronão (MDB)e Raimundo Barroso (PMN). A não ser em caso de empate, neste caso o presidente da Câmara, Sérgio Bouez, não vota.

A saída do pedido de suspensão dos atos do prefeito da Ordem do Dia não impede que os trabalhos da Comissão de Inquérito prossigam.
Fonte: O MAMORÉ

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved