Operação sendo realizada no bairro 10 de Abril
Cerca de 101 motoristas foram abordados por agentes da 1ª Circunscrição Regional de Trânsito de Guajará-Mirim (Ciretran) e policiais do 6º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira durante blitz da Lei Seca no final de semana de Carnaval no município de Guajará-Mirim/RO.
A blitz iniciou às 20hs de sábado, 02, encerrando por volta de 03hs deste domingo, 03, tendo 27 profissionais envolvidos, entre agentes da Ciretran (11), policiais militares (11) e policiais civis (05) na Operação Lei Seca de carnaval, no município. 101 condutores de veículos foram abordados, sendo flagrados 04 por consumo de bebida alcoólica e num total de autuações por infração de trânsito chegou a 70. 
Segundo o chefe da Operação Lei Seca, Jairo Félix, foram abordados 82 homem e 19 mulheres, 16 veículos foram removidos por apresentar irregularidade na documentação do veículo, sendo 12 motocicletas e 04 carros. Dos condutores abordados, 13 documentos foram recolhidos, sendo 07 Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e 06 documentos de veículos.
Os autuados em flagrante por consumo de bebida alcoólica foram 04 motoristas, de 23, 34, 43 e 54 anos, utilizado para aferição de ar aveolar (etilômetro) os resultados na medição foram de 0,85 a 0,96 mg/L de ar expelido de seus pulmões, sendo que 01 deles se recusou a realizar o teste do bafômetro, mas a equipe de agentes constatou tais sinais: olhos avermelhados, odor de álcool no hálito, dispersão e fala alterada. Os 04 foram conduzidos para a 1ª Delegacia de Polícia Civil onde ocorreram os trâmites legais. 
Acidentes
Durante o sábado foram registrados 04 acidentes de trânsito, um com danos materiais outro onde vítimas reclamavam de dores e tiveram escoriações pelo corpo, conforme dados policiais. O acidente registrado no período da noite de sábado, segundo uma testemunha a vítima de 38 anos foi atingida pelo condutor de um carro modelo Astra, de cor vermelha, que não prestou socorro e fugiu. A vítima apresenta leve deficiência mental e foi socorrida pela testemunha até o Hospital Regional, permanecendo sob cuidados médicos.
Fonte: O MAMORÉ

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem