Dois rapazes foram abordados no bairro Próspero, um deles carregava na cintura um simulacro (a imitação de uma arma de fogo), os policiais militares conduziram os mesmos para a Delegacia e evitaram um assalto em via pública, na noite desta quarta-feira, 19.
Por volta de 21h, policiais da ROCAM (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicleta) realizavam patrulhamento pela Avenida Princesa Isabel, quando depararam com dois adolescentes em uma bicicleta. Diante da suspeita, a dupla foi abordada e entre a vestimenta de Bruno V. G. F., de 19 anos, foi encontrado um simulacro, ambos responderam aos policiais que a intenção era praticar assalto em via pública. Ao repassar os dados pessoais, ambos tentaram enganar os policiais, mas com o apoio dos policiais do Núcleo de Inteligência (N.I.) do 6º Batalhão de Polícia Militar foi descoberto que Bruno não só foi flagrado com o simulacro, mas que tem uma ficha extensa pela prática de: furtos/roubos, porte ilegal de arma de fogo e até violência doméstica.
Após o registro do Boletim de Ocorrência, Bruno e o adolescente de 16 anos foram liberados, já que trata-se de um objeto que não é uma arma de fogo e não haviam praticado furto ou roubo durante a abordagem.
As vítimas de roubos podem procurar o departamento do Serviço de Investigação e Captura (Sevic) e via imagem averiguar se os rapazes detidos durante a noite passada são os autores do delito, para que sejam denunciados a Justiça e providências sejam tomadas.
 Fonte: O MAMORÉ

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem