3 de março de 2018

Apenado finge passar mal e foge de Hospital

Nem bem chegou nas dependências do Hospital Regional Perpétuo Socorro, de Guajará-Mirim/RO, um apenado empurrou um dos agentes penitenciários e fugiu, mas acabou sendo preso minutos após o fato, dentro de uma escola, na noite desta sexta-feira.
Apenado finge passar mal e foge de Hospital



Nem bem chegou nas dependências do Hospital Regional Perpétuo Socorro, de Guajará-Mirim/RO, um apenado empurrou um dos agentes penitenciários e fugiu, mas acabou sendo preso minutos após o fato, dentro de uma escola, na noite desta sexta-feira.
De acordo com informações, Jéferson Lucindo da Silva Duran, de 29 anos, alegou que estava passando mal, por volta de 21h30min desta sexta-feira, nas dependências da Casa de Detenção Masculina de Guajará-Mirim, localizada no bairro 10 de Abril. Os detentos da mesma cela de Jeferson também alegaram que o mesmo havia passado mal e havia desmaiada na parte da tarde e início da noite, preocupados com a saúde do preso, os agentes se deslocaram para a unidade hospitalar, ao chegar até a recepção para passar dados do preso, o mesmo aproveitou a distração do agente e o empurrou. A fuga se deu e um disparo em direção ao chão para conter o preso, fez com que o mesmo fugisse a cerca de 150 metros, quando Jéferson pulou o muro da escola estadual Simon Bolívar e lá se escondeu. Mesmo algemado, o preso soltou a algema e a usava para agredir os agentes, sendo contido e preso novamente, durante o trajeto o preso se debatia dentro da viatura, além de danificar o carro ficou com lesões. O agente penitenciário que foi empurrado e agredido durante a prisão ficou também lesionado, além de ele e um outro agente serem ameaçados de morte pelo preso após a captura.
Acredita-se que Jéferson premeditou sua fuga, fingindo ter passado mal, fora do presídio e da viatura, seria mais fácil fugir. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia.
Fonte: O MAMORÉ

Veja também:

Últimas Notícias

© Copyright 2019 Jornal O Mamoré | All Right Reserved