O Ministério Público finalizou, no dia 14 de novembro, o encaminhamento dos equipamentos eletrônicos apreendidos na Operação Apate, desencadeada pelo Ministério Público do Estado de Rondônia, à Superintendência de Polícia Técnico-Científica do Estado (Politec) para que sejam periciados.
A extração do conteúdo desses equipamentos depende de perícia técnica que é feita pelo órgão Pericial Oficial. Ao todo foram encaminhados à Politec cerca de 153 equipamentos eletrônicos da referida operação, entre celulares, “tablets”, computadores, “pendrives”, DVDs, entre outros dispositivos de armazenamento de dados.
A Operação Apate do MPRO contou com a participação de Peritos Criminais da Politec e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), em Porto Velho e Guajará-Mirim.
A parceria entre o MPRO e a Politec é fundamental para que a análise forense dos equipamentos seja realizada de maneira mais adequada, auxiliando na fase.
Fonte: Assessoria MP/RO

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem